Ponte Preta enfrenta Boa Esporte em casa, em busca de segunda vitória consecutiva, e Dado quer que equipe entre de vez no G4

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/VictorHafner

 

A Ponte Preta busca a segunda vitória consecutiva na competição na tarde deste sábado contra o Boa Esporte. A equipe enfrenta o time mineiro às 16h20, no Moisés Lucarelli, e busca emplacar mais uma vitória no Brasileiro da Série B, após ter vencido na última rodada. O técnico Dado Cavalcanti elogia a postura da equipe e quer o time focado na busca de entrar entre os quatro melhores do campeonato.

“Na verdade, em termos de rendimento, nós mostramos na competição que somos protagonistas. Só precisamos de resultados. É isso que vai concluir o que nós estamos apresentando. É um momento bom o que estamos vivendo, de confiança e esperamos dar sequência nos resultados. Estamos vindo de uma vitória e vamos buscar em casa conquistar essa segunda consecutiva na competição, para dar um salto importante para entrar de vez no G4”, afirma o técnico, que analisa a forma que a equipe está jogando nas últimas partidas e que o tem agradado.

“Esse time está com a formação ideal. Dentro de um equilíbrio de marcação, de uma velocidade de saída para contra-ataque e de muita força de chegada na frente. Temos três atacantes de ofício, um meio articulador e dois volantes que,  além de fazer contenção, chegam à frente. Em termos de números, podemos concluir que temos seis jogadores que chegam à frente com facilidade. E mais um dos laterais que geralmente faz jogadas de fundo. É uma equipe que chega forte e que tem um certo equilíbrio defensivo. Marca desde o ataque e considero que á a formação ideal do momento”, explica Dado.

O treinador também enaltece o quanto a equipe evoluiu nas últimas rodadas e espera nos próximos dois jogos essa mesma competitividade.

“Eu jamais irei mensurar em percentual. Acho isso extremamente errôneo. É fictício. Acho que estamos em um excelente momento. Em nível de confiança, de entendimento de jogo, pois os jogadores estão sabendo exatamente o que se pode e o que é para ser feito. Estou muito satisfeito. Série B é isso: é momento. Precisamos aproveitar esse nosso momento. Infelizmente só teremos dois jogos antes da parada. Por incrível que pareça eu esperava até que essa formação encaixasse um pouco depois. Mas encaixamos nesse momento e vamos procurar aproveitar a oportunidade. Temos esse jogo contra o Boa, que é muito importante e posteriormente o Santa Cruz para fechar. É aproveitar esse momento e fazer o máximo de pontos possível nestes dois jogos”, diz o técnico, que neste sábado espera um confronto complicado diante do time de Varginha.

“Nunca é tão simples quanto parece. É sempre muito complicado. Nós vamos enfrentar o adversário que perdeu no último jogo e vai querer se reabilitar. Eles estão brigando para não cair hoje, mas é sempre mais difícil enfrentar adversário assim. Enfrentamos o Vila Nova, que não tinha feito um gol sequer na competição e fizemos um primeiro tempo que achávamos que iriam partir para cima após o gol. Mas não, eles recuaram ainda mais. Colocaram um volante no lugar do atacante. E nós continuamos com a mesma dificuldade para entrar na defesa adversária. E essas mesmas dificuldades irão acontecer no jogo deste sábado. Vamos ter que ter a mesma paciência, maturidade de chegar e concluir no momento certo. Mas apesar de tudo, pelo que apresentamos em termos de competitividade nos últimos jogos, temos uma confiança a mais que a equipe está bem encaixada, forte para este confronto e dentro desse nível esperamos a vitória”, completa.

Ingressos

O valor dos ingressos é de R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 a meia entrada. Como de costume, os torcedores com a camisa da Ponte pagam dez. O torcedor alvinegro também pode adquirir ingressos para as cadeiras sociais por R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 a meia. Quem não puder ir ao jogo, pode acompanhar a partida desta tarde no Première FC e das rádios de Campinas, FM 99,1 e AM 870 e 1170, e na rádio web Macacada Reunida.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS