Com um a menos na maior parte do segundo tempo, Ponte perde para o Vasco no Majestoso; Lomba destaca: situação complicou e teremos que dar algo a mais

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/VictorHafner

Jogando em casa contra o Vasco na noite desta quarta-feira (9) com um jogador a menos desde os 13 minutos do segundo tempo, a Ponte Preta perdeu por 1 a 0 para o Vasco da Gama e ficou perigosamente perto do Z4 – como o Figueirense empatou com o Atlético Paranaense, independentemente do complemento da rodada a Macaca não corre riscos de entrar na zona da morte nesta noite, mas terá que voltar a vencer para sair desta situação complicada.

“Jogamos mal e a situação se complicou. De agora em diante todos terão que dar algo a mais para sairmos o mais rápido possível desta posição perigosa em que estamos”, disse o camisa 1 Marcelo Lomba ao final da partida.

O jogo

A partida começou com o Vasco indo pra cima da Ponte, que se defendia com segurança. Aos dez minutos, Madson cruzou rasteiro na área, mas Ferron tirou. No minuto seguinte, Adrianinho cobrou falta na área, mas Júlio Santos afastou. Aos 16, Adrianinho entra na área e Madson cai na frente do meia alvinegro, que também cai. A torcida pede pênalti, mas o juiz não marca.

Aos 22, Renato Chaves teve a melhor chance da primeira etapa, mandando de cabeça para o gol, mas Jordi fez excelente defesa. Aos 25, Diego Oliveira recebeu lançamento de Biro Biro, driblou o goleiro e caiu na área, pedindo penal que o juiz não deu. Em vez disso, o jogador recebeu cartão amarelo.

Na sequência, belo chute de Biro Biro, que Jordi defendeu com firmeza. Aos 38, Biro Biro novamente fez bela jogada, cortando pela direita e chutou por cima do gol carioca. Já nos acréscimos, Leandrão chutou forte e Lomba defendeu com firmeza, no último lance da primeira etapa.

No segundo tempo as equipes retornaram sem alterações e já no primeiro minuto Biro Biro desceu rápido, mas foi desarmado por Luan. Pouco depois, O camisa 5 do Vasco, Diguinho, caiu em campo e não conseguiu mais se levantar. Rafael Vaz entrou no lugar dele e na sequência já afastou cruzamento forte de Rodinie na área Na sequ~encia, falta em Adrianinho perto da área. O meia cobrou alto e no lance houve empurra-empurra na área. A torcida pediu pênalti em cima de Elton, que estava na área, mas nada foi anotado. Aos dez, Em contragolpe, Leandrão foi barrado por Ferron com falta na entrada da área. O zagueirão alvinegro foi amarelado e o vascaíno Nenê cobrou pra fora, sem perigo.

Aos 13 minutos, falta de Diego Oliveira sobre Luan e cartão vermelho para o pontepretano, que já tinha o amarelo por simulação de pênalti. No mesmo momento, o técnico Doriva tirou Adrianinho e colocou Keno. Aos 15, Herrera tenta fintar Ferron e pde pênalti do xerife alvinegro sobre ele, mas o árbitro nada marca. Aos 17, Jorginho faz substituição dupla no Vasco: saem Julio dos Santos e Herrera para as entradas de Andrezinho e Riascos. Pelos lados da Macaca, Doriva tira Elton para colocar Juninho. Pouco depois, em lance de rapidez, Bob chegoua bem no campo adversário, mas foi desarmado por Madson antes de conseguir fazer o passe para Keno, que estava em boa posição.

Aos 27, Doriva tirou Bob para aentrada de Cesinha. Dois minutos depois, da entrada da área, pela meia esquerda, Leandrão recebe e chuta colocado no canto esquerdo do gol alvinego, sem chances de defesa para Marcelo Lomba. Ponte 0 x 1 Vasco. Atrás do placar, a Ponte passou ampliou os esforços para chegar ao gol do Vasco, mas com a inferioridade numérica também precisava se proteger constantemente dos contrataques do time carioca.

Aos 41, Bob cobrou falta e Ferron cabeceou, mas Jordi segurou. Cinco minutos depois, Cesinha cruzou na área e Renato Chaves cabeceou, mas a bola saiu por cima do gol de Jordi. Aos 47, a última chance da Macaca no jogo: Cesinha levantou a bola na marca do pênalti, mas Riascos afastou de cabeça. No último lance da partida, Rafael Vaz fez rápido ataque e carimbou a trave de Lomba. Fim de jogo: Ponte 0 x 1 Vasco. A Macaca volta a campo às 11 horas do domingo, contra o Santos, em busca da reabilitação.

Ficha do jogo

Ponte Preta
Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Josimar, Fernando Bob, Elton (Juninho), Adrianinho (Keno), Biro Biro (Cesinha), Diego Oliveira

Vasco
Jordi, Madson, Rodrigo, Luan e Júlio César; Diguinho (Rafael Vaz), Júlio dos Santos (Andrezinho), Bruno Galo e Nenê; Herrera (Riascos) e Leandrão. Técnico: Jorginho

Amarelos: Herrera, Diego Oliveira, Gilson, Ferron
Vermelho:   Diego Oliveira

Público: 3961 pagantes
Renda R$ 54.900,00

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS