Ponte perde para o Vitória em partida suspensa por invasão

PontePress/FábioLeoni

Em jogo em que a partida foi suspensa aos 38 minutos do segundo tempo, por conta de invasão da torcida, a Ponte Preta saiu na frente no placar, com dois gols ainda no primeiro tempo. Na mesma etapa, a Macaca teve um jogador expulso, e no segundo tempo levou a virada. As equipes aguardam definição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que deverá confirmar o não-prosseguimento e o placar da partida.  O próximo compromisso da equipe será contra o Vasco, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro.

O JOGO

O primeiro lance de destaque da partida foi da Ponte, logo aos 5 minutos. Jeferson recebeu passe em profundidade pela esquerda, tocou para Léo Gamalho, que finalizou por cima do gol de Fernando. Um minuto depois, porém, a Ponte abriu o placar. Após cruzamento, novamente pelo lado esquerdo, a bola sobrou para Lucca, que ajeitou e chutou forte, sem chances para o goleiro adversário.

A Ponte continuou a pressão e quase ampliou em cobrança de falta de Danilo. O jogador chutou colocado, no canto esquerdo do goleiro, que espalmou para escanteio. Dois minutos depois a Ponte teve pênalti ao seu favor, após Léo Artur ter sido puxado dentro da área por Wallace. Danilo foi para a cobrança e desta vez guardou no fundo da rede do Vitória.

Aos 37 minutos, mais uma chance da Macaca. Danilo recebeu passe Léo Gamalho e chutou forte, para defesa de Fernando. Na sequencia, o próprio Danilo fez cobrança de escanteio fechada, a bola cruzou a área e foi para fora, em lance de muito perigo da Ponte. Aos 41 minutos, o adversário teve chance com Trellez. O atacante recebeu cruzamento na a área, ajeitou e chutou forte. A bola desviou em Marllon e foi para fora.

Um minuto depois, novamente a Ponte quase ampliou. Nino Paraíba chutou forte, a bola foi em direção ao ângulo direito de Fernando, que conseguiu jogar para escanteio. O Vitória teve chance aos 45. Neilton chutou de fora da área, Aranha espalmou, a bola sobrou para David, que finalizou para mais uma defesa do arqueiro da Macaca. Sem mais lances importantes, nos acrescimentos, o primeiro tempo terminou 2 a 0 para a Ponte.

O segundo tempo começa com pressão do Vitória e o adversário diminuiu o placar aos 12 minutos. Após jogada em cobrança de escanteio, Andre Lima cabeceou no canto direito de Aranha. Um minuto depois, o Vitória empatou. Trellez chutou de fora da área, a bola desviou em Luan Peres e encobriu Aranha.

O Vitória teve chance aos 20 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Uillian Correa e Nino tirou em cima da linha. Aos 32 minutos a Ponte criou oportunidade, em chute de Lucca, que Fernando defendeu. O Vitória chegou ao terceiro gol aos 37 minutos. Danilinho desceu pelo lado direito, chutou cruzado e Trellez marcou. O jogo foi paralisado aos 38 minutos, após invasão de campo

Ficha Técnica:

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Rodrigo, Luan Peres e Jeferson, Wendel (Renato Cajá), Élton, Léo Artur (Marllon) e Danilo, Lucca e Léo Gamalho (Saraiva). Técnico: Eduardo Baptista.

Vitória: Fernando, Patric, Wallace, Kanu e Geferson, Ramon (Carlos Eduardo), Uillian Correia, David (André Lima) e Yago, Neilton (Danilinho) e Trellez. Técnico: Vagner Mancini

Estádio Moisés Lucarelli – Campinas/SP

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro/MG

Auxiliares: Guilherme Dias Camilo/MG e Sidmar os Santos Meurer/MG

Cartões amarelos: Jeferson, Danilo e Wendel (Ponte Preta);  Geferson, Yago, Uillian Correa, Wallace e Kanu (Vitória)

Cartão vermelho: Rodrigo (Ponte Preta).

Gols: Lucca e Danilo (Ponte Preta); André Lima e Tréllez[2] (Vitória).

Público: 12.862 torcedores.

Renda: R$ 84.313,00

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS