Em partida com um pênalti e um gol duvidoso para o adversário, Ponte perde invencibilidade no Brasileiro fora de casa

 

A Ponte Preta foi superada pela equipe do Ceará na noite desta sexta-feira (23). A equipe foi até o estádio Domingão e saiu com a derrota pelo placar de 3 a 2, em partida válida pela 7ªRodada do Campeonato Brasileiro – Série B. Os gols da Ponte foram de Edno e Alexandro.

A partida foi marcada por lances duvidosos. O segundo gol da equipe mandante estava em posição irregular e em duas oportunidades a Ponte teve a chance de finalizar com perigo, mas teve impedimento marcado de forma duvidosa.

O próximo compromisso da Ponte será na terça-feira (27), às 19h30, contra o Paraná, em Curitiba.

 

O Jogo

A primeira chance da partida foi da Ponte Preta. Aos 2 minutos, Élton desceu pelo lado direito e chutou cruzado. A bola cruzou a área e por pouco Alexandro não chegou para completar no fundo do gol do Ceará.

Aos 13 minutos, Nikão chutou e a bola bateu no braço de Gilvan dentro da área. O árbitro marcou pênalti para o Ceará. Magno Alves cobrou e abriu o placar para a equipe da casa. Aos 28 minutos a Ponte teve cobrança de falta ao seu favor. Edno efetuou a cobrança e a bola passou perto do gol de Jaílson.

A Macaca conseguiu o empate aos 42 minutos em ótimo contra-ataque. Juninho desceu pelo lado esquerdo e tocou para Edno. O atacante finalizou forte, para fazer o seu quinto gol com a camisa da Ponte. Sem mais chances de perigo, a primeira etapa terminou empatada em 1 a 1.

O segundo tempo começou e o Ceará ampliou o marcador com Bill, que estava em posição irregular na hora da finalização de cabeça. Aos 11 minutos, a equipe mandante teve mais uma chance. Sandro fez o cabeceio, mas o goleiro Roberto fez grande defesa.

Na sequencia a Ponte chegou com perigo ao gol do Ceará. Cafú fez cruzamento pelo lado direito para Edno. O atacante desviou, mas a bola passou por cima do gol de Jailson. Aos 16 minutos a Ponte teve uma boa chance de empatar a partida.

Elton recebeu, em posição legal e em boas condições de marcar o gol de empate, mas a auxiliar marcou impedimento. Três minutos depois o time da casa fez o terceiro gol, em cobrança de falta de Ricardinho. O meia chutou e a bola passou pela barreira, sem defesa para Roberto. 

Aos 23 minutos, a Ponte teve pênalti ao seu favor. Edno recebeu passe vindo do lado esquerdo e na hora de finalizar foi derrubado dentro da área. Alexandro fez a cobrança e diminuiu o marcador.

A Macaca quase conseguiu o empate aos 37 minutos com Cafú. O atacante recebeu pelo lado direito e finalizou forte. O goleiro adversário deu um leve toque e desviou a bola pela linha de fundo. Aos 41 minutos foi a vez de Alexandro receber livre de marcação e em condições de empatar, mas a auxiliar novamente marcou impedimento duvidoso.

O último lance de perigo do jogo foi da Ponte Preta. Vinícius cabeceou após cobrança de escanteio pelo lado direito, mas o goleiro Jailson fez a defesa. Final de jogo. Ceará 3 x 2 Ponte Preta.

 

Ficha Técnica:

Ponte Preta: Roberto,Daniel Borges, César, Gilvan, Bryan, Élton (Vinícius), Juninho, Edno (Rodolfo), Léo Cittadini (Adrianinho), Cafú e Alexandro. Técnico: Dado Cavalcanti

Ceará: Jailson, Samuel Xavier, Sandro, Diego Ivo e Vicente; João Marcos, Marcos Vínicius (Eduardo), Ricardinho e Nikão (Gil); Bill (Marcos) e Magno Alves. Técnico: Sérgio Soares.

Data: 23/05/2014, sexta-feira – 21h50.
Local: Estádio Horácio Domingo (Domigão) – Horizonte/CE
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição/MG
Auxiliar: Janette Mara Arcanjo/MG e Marcus Vinicius Gomes/MG
Cartão amarelo: Rodolfo (Ponte Preta); Bill e Samuel Xavier(Ceará).
Cartão Vermelho: Vicente (Ceará).
Gols: Edno e Alexandro (Ponte Preta); Bill, Ricardinho e Magno Alves (Ceará).
Renda: R$51.455
Público Pagante: 4.249.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS