Ponte perde nos pênaltis para o Cuiabá e está fora da Copa do Brasil

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A Ponte Preta enfrentou o Cuiabá na noite dessa quinta-feira (2), pela Copa do Brasil, e perdeu a classificação para a fase seguinte. As equipes empataram no tempo normal pelo placar de 1 a 1, mas nas penalidades perdeu por 5 a 4.

O próximo duelo da equipe será contra o Ituano, no próximo domingo (5), às 19 horas. O jogo, que será realizado no estádio municipal Doutor Novelli Júnior, em Itu, é válido pela 7ª Rodada do Paulistão.

 

O jogo

O primeiro lance da partida foi da Ponte Preta aos 4 minutos. Pottker chutou forte cruzado, mas Henal defendeu. A Ponte manteve a maior posse de bola durante todo o início de jogo e aos 16 minutos teve outro lance interessante, em cobrança de falta pelo lado esquerdo. Lucca fez o cruzamento, mas a zaga do Cuiabá afastou.

Aos 17 minutos, em tabela com Clayson, Nino Paraíba foi derrubado por Douglas Mendes, na entrada da área. Lucca foi para a cobrança e com perfeição acertou o ângulo esquerdo de Henal, abrindo o placar para a Macaca.

A Ponte teve chance de ampliar o marcador, e novamente com Lucca aos 35 minutos. Pottker desceu pelo lado direito, ajeitou para a perna canhota e cruzou para o atacante, que cabeceou firme, mas a bola foi para fora.

Minutos depois porém, o Cuiabá chegou ao empate. Após cruzamento pelo lado esquerdo do seu ataque, Cleberson desviou e igualou o marcador. Quase no fim do primeiro tempo, a Macaca teve mais uma chance de bola parada. Lucca cobrou, mas dessa vez ela foi por cima do gol do Cuiabá. Sem mais lances de destaque, a primeira etapa terminou empatada em 1 a 1.

O segundo tempo iniciou e a Ponte teve chance importante aos 6 minutos, em mais uma cobrança de falta. Dessa vez Lucca acertou a barreira e no rebote, chutou para fora. Cinco minutos depois, foi a vez de Pottker receber passe de Emerson, driblar o defensor, invadir a área e finalizar. A bola acabou indo para fora.

A Ponte continuou buscando o gol de desempate e aos 13 minutos foi a vez de Lins tentar arremate de longa distância. A bola foi forte, mas a passou perto da trave direita de Henal. Durante grande parte da segunda etapa, poucas oportunidades foram criadas entre as equipes. Aos 35 minutos, a Ponte teve chegada interessante pelo lado direito, em triangulação em que Nino Paraíba invadiu a área e chutou cruzado, para defesa do goleiro. Na sequencia o Cuiabá respondeu, em chute de Juba, que Aranha defendeu.

Aos 43 minutos o Cuiabá teve chance com Alex Sandro, que finalizou para fora, após contra-ataque. Minuto depois, foi a vez de Dakson receber passe na área e chutar, para defesa de Aranha. Sem mais lances criados, Ponte e Cuiabá empataram no tempo normal e a decisão foi para os pênaltis.

Nas cobranças, Pottker fez o primeiro da Ponte. Dakson empatou. O segundo gol da Ponte foi de Lucca. Pelo Cuiabá, Douglas Mendes igualou. Ravanelli colocou novamente a Macaca em vantagem. Na sequência, Robinho deixou tudo igual. Pela Ponte, Jadson fez o quarto gol. Richard marcou pelo Cuiabá. Matheus Jesus foi para a cobrança e Henal defendeu.  Leo Salino marcou o gol que deu a classificação para o Cuiabá.

 

 

Ficha Técnica:

 

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Yago e Emerson, Fernando Bob (Jadson), Matheus Jesus, Lins (Ramon) e Clayson (Ravanelli), Lucca e Pottker. Técnico: Felipe Moreira.

Cuiabá: Henal, Richard, Douglas Mendes, Heverton, Udson, Carlão, Léo Salino, Robinho, Cleberson (Alex Sandro), Natan (Dakson) e Juba (Jeffinho). Técnico Roberto Fonseca.

 

Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas/SP

Árbitro:  Dyorgines Jose Padovani de Andrade – ES

Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires – ES e Fabio Faustino dos Santos – ES

Cartões amarelos: Jadson (Ponte Preta); Douglas Mendes, Léo Salino, Carlão, Udson e Heverton (Cuiabá).

Gols: Lucca (Ponte Preta); Cleberson (Cuiabá).

Público: 2.225 torcedores

Renda: R$ 24.937,50

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS