Ponte perde no Rio de Janeiro e já foca na partida contra o Atlético em Minas no próximo domingo

Foto:PontePressRodrigoCeregatti 

A Macaca foi até ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe foi derrotada pelo placar de 2×0. A Ponte Preta volta a campo no próximo domingo às 11h no Estádio Independência contra o Atlético Mineiro.

O jogo

A partida começou com muita marcação com as equipes se estudando no meio de campo. Logo aos quatro minutos a defesa da Ponte já afastou o primeiro perigo em chute de Bruno Silva. Aos cinco minutos Ravanelli respondeu em chute de longe, mas para fora da meta do adversário.

Aos 17 minutos a primeira chegada de perigo da Ponte Preta. Lucca ajeitou de cabeça e Lins soltou a bomba para defesa do goleiro, no rebote Jadson chutou com perigo por cima do gol. Com 20 minutos o Botafogo abriu o placar com Bruno Silva após rebote em chute de fora da área.

 

Aos 22 Nino passou para Lucca que chutou forte para boa defesa do goleiro, quase foi o empate da Ponte Preta. Aos 27 Ravanelli caiu na área após contato do jogador Carli, o juiz nada marcou. O final do primeiro tempo ficou bastante truncado no meio de campo.

Após um minuto de acréscimo o juiz encerrou o primeiro tempo.

Logo aos cinco minutos Nino entrou com perigo na área, mas foi desarmado pela defesa adversária. E com 20 minutos o Botafogo ampliou com Rodrigo Lindoso em chute de perna direita.

A Ponte assustou aos 26 minutos com Nino Paraíba, após passe de Ravanelli, o lateral chutou forte e a bola passou raspando o travessão.  Com 34 minutos Yuri recebeu na área girou bem e bateu forte, a bola passou rente a trave.

O goleiro Aranha evitou o terceiro gol do Botafogo em duas grandes defesas em sequência. Após três minutos de acréscimo o árbitro encerrou a partida.

 

Ficha técnica:

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Marlon, Kadu, João Lucas, Fernando Bob (Wendel), Elton, Jadson (Yuri), Ravanelli, Lins (Xuxa) e Lucca. Técnico Gilson Kleina

Botafogo: Gatito Fernandez, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello, Victor Luis, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, João Paulo, Camilo (Gilson), Rodrigo Pimpão, Roger (Guilherme) Técnico: Jair Ventura

Local: Estádio Nilton Santos – RJ
Arbitragem: Rafael Traci – PR, Ivan Carlos Bohn – PR, Pedro Martinelli Christino – PR
Cartões amarelos:  Igor Rabello
Cartões vermelhos:
Gols: Bruno Silva e Rodrigo Lindoso

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS