Ponte goleia Palmeiras por 3 a 0, e sai na frente no primeiro confronto da semifinal do Paulistão; no sábado (22), as equipes fazem os últimos 90 minutos da decisão

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A Ponte Preta enfrentou o Palmeiras, na tarde desse domingo (16), no Moisés Lucarelli e venceu pelo placar de 3 a 0. Esse foi o primeiro confronto da semifinal do Campeonato Paulista, que voltam a se enfrentar no próximo sábado (22), às 19 horas, no Allianz Parque.

Os gols da Macaca foram de Pottker, Lucca e Jeferson, ainda no  primeiro tempo da partida.

 

O jogo

 

O jogo começa e com menos de um minuto de jogo a Ponte abre o placar. Clayson arriscou de fora da área, Fernando Prass defendeu, no rebote Jadson chutou, mas o goleiro novamente rebateu. Quem aproveitou na sequência foi Jeferson, que chutou cruzado e Pottker, dentro da pequena área, desviou para abrir o placar.

Minutos depois, Borja chutou forte de fora da área, e Aranha fez boa defesa. Mas foi a Ponte quem aumentou o marcador logo aos sete minutos. Pottker enfiou bola na medida para Lucca, que tocou na saída de Prass.

A Ponte voltou a assustar aos 22 minutos. Clayson chutou de longa distância e a bola passou rente ao travessão adversário. Aos 27 minutos o Palmeiras teve chance, após cruzamento de Zé Roberto, em que Marllon desviou. A bola bateu no travessão e foi para escanteio.

A Ponte fez o terceiro gol aos 33 minutos! Clayson lança bola para o lado direito, Zé Roberto escorrega, Jeferson domina e chuta cruzado, no fundo do gol palmeirense. Sem mais lances de destaque, a Macaca termina o primeiro tempo vencendo por 3 a 0.

O primeiro lance interessante do segundo tempo veio com Clayson aos 14 minutos. O atacante chutou cruzado, a bola desviou em Mina, mas Prass defendeu. O Palmeiras chegou ao ataque aos 20 minutos, em chute de Mina, que Aranha defendeu.

Aos 29 minutos a Ponte teve contra-ataque interessante. Élton recebeu passe, invadiu a área e chutou forte, mas Prass defendeu. Sete minutos depois foi a vez de Lucca, em cobrança de falta, levar perigo ao gol do Palmeiras. A bola passou rente à trave adversária.

Aos 40 minutos a Ponte teve mais uma chance, após lançamento para Pottker. O atacante invadiu a área, ganhou da marcação de Zé Roberto, foi derrubado por Fernando Prass, mas a arbitragem assinalou escanteio. Sem mais lances importantes, Ponte sai na frente nos primeiros 90 minutos da semifinal.

 

 

 

Ficha Técnica:

 

Ponte Preta: Aranha, Jeferson, Marllon, Yago e Reynaldo, Jadson (Wendel), Elton e Fernando Bob, Lucca (Artur), Clayson (Lins) e Pottker. Técnico: Gilson Kleina.

Palmeiras: Fernando Prass, Jean, Edu Dracena, Mina e Zé Roberto, Felipe Melo, Tchê Techê, Guerra (Michel Bastos) e Dudu, William (Roger Guedes) e Borja (Alecsandro). Técnico: Eduardo Baptista.

 

Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas/SP

Árbitro:  Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza

Auxiliares: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo e Daniel Paulo Ziolli.

Cartões amarelos:  Jadson, Fernando Bob, Reynaldo e Jeferson (Ponte Preta); Thiago Santos, Mina e Borja (Palmeiras).

Gols:  Pottker, Lucca, Jeferson (Ponte Preta).

Público: 13.706 torcedores

Renda: R$ 376.645,00

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS