Jogando no Couto Pereira, Ponte fica no 0 a 0 com o Coritiba

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/FábioLeoni

 

A Ponte Preta enfrentou o Coritiba na noite dessa quarta-feira (08) e ficou no empate pelo placar de 0 a 0 jogando no estádio Couto Pereira na capital paranaesne. Com o resultado, a Macaca chega a 17 pontos ganhos e fica na décima colocação na tabela.

Agora, o próximo compromisso alvinegro será no sábado (11) contra o Atlético Mineiro, às 21 horas, no estádio Moisés Lucarelli em partida válida pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.  

O Jogo:

Mesmo jogando fora de casa, a Ponte foi quem atacou primeiro aos 5 minutos com Diego Oliveira, que invadiu a área pela direita e chutou da linha de fundo para acertar a rede pelo lado de fora. Aos 12, Juninho arriscou da entrada da área, a bola desviou na defesa adversária, triscou o travessão e saiu pela linha de fundo.

Aos 25 minutos Renato Cajá recebeu pelo meio e enfiou a bola na área para Biro Biro finalizar na saída do goleiro, mas parou nas mãos de Wilson. O Coritiba teve a primeira oportunidade dois minutos, com um chute de Esquerdinha de fora da área para a defesa de Marcelo Lomba.  Aos 33, Felipe Azevedo recebeu na intermediária e mandou uma bomba, a bola acertou o travessão e pingou na linha do gol antes de ficar com a defesa.

Os donos da casa chegaram mais uma vez aos 36 minutos em chute de longa distância de Esquerdinha que foi defendido pelo arqueiro alvinegro. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo foi encerrado após um minuto de acréscimo.

Na volta do intervalo, o Coritiba atacou primeiro aos 3 minutos quando Marcos Aurélio recebeu na área e chutou para Marcelo Lomba agarrar. Aos 8, Norberto cruzou da direita e Marcos Aurélio recebeu na área para mandar um voleio que bateu nas costas de Rodinei e saiu pela linha de fundo. Os donos da casa tiveram grande chance aos 14 minutos quando Rafhael Lucas recebeu lançamento na área, mas Marcelo Lomba saiu bem do gol para defender.

A primeira mudança da Macaca aconteceu aos 15 minutos com a saída de Felipe Azevedo para a entrada de Cesinha. Quatro minutos depois Marcos Aurélio cobrou falta com força e o camisa 1 alvinegro praticou mais uma defesa com segurança. Aos 21, o atacante Diego Oliveira sentiu câimbras e teve que sair para a entrada de Borges.

Aos 28 minutos Renato Cajá cruzou da esquerda e Borges cabeceou para fora. Aos 32, Paulinho recebeu na área e chutou forte para a defesa de Marcelo Lomba, no rebote, Marcos Aurélio chutou e Pablo se jogou na frente da bola para desviar. Logo na sequência, a terceira mudança na Ponte foi processada com a saída de Renato Cajá para a entrada e estreia de Léo Costa.

A Macaca voltou a ter uma oportunidade aos 35 minutos com um chute de fora da área de Cesinha que parou no goleiro Wilson. Aos 42, Paulinho acertou em belo chute de fora da área e Marcelo Lomba fez outra grande defesa. Cinco minutos depois, Marcos Aurélio cobrou falta perigosa, mas a bola desviou na barreira e ficou com Marcelo Lomba.

Aos 48 minutos Marcos Aurélio chutou forte de pé esquerdo e Pablo apareceu para travar mais uma vez. Sem tempo para mais nada, o jogo foi encerrado após quatro minutos de acréscimos.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Juninho, Fernando Bob e Renato Cajá (Léo Costa); Felipe Azevedo (Cesinha), Biro Biro e Diego Oliveira (Borges). Treinador: Guto Ferreira.

Coritiba: Wilson; Rodrigo Ramos (Norberto), Luccas Claro, Leandro Silva e Henrique; Alan Santos (Misael), Lúcio Flávio, Esquerdinha e Thiago Galhardo; Marcos Aurélio e Rafhael Lucas (Paulinho). Treinador: Ney Franco.
 
Data: 08/07/2015, quarta-feira – 19h30.
Local: Couto Pereira, Curitiba/PR.
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ).
Auxiliar: Rodrigo F Henrique Correa (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ).
Cartões Amarelos: Renato Chaves, Diego Oliveira, Renato Cajá, Biro Biro e Pablo (Ponte Preta); Thiago Galhardo, Alan Santos, Henrique e Norberto (Coritiba).

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS