Ponte faz último treino antes de enfrentar o Atlético-PR e Ferron destaca a importância de pontuar o máximo possível antes da parada da Copa das Confederações

 

A Ponte Preta realiza treino nesta manhã, no Majestoso, focada no confronto contra o Atlético Mineiro, penúltima partida do Campeonato Brasileiro antes da pausa de praticamente um mês que a competição fará em virtude da realização da Copa das Confederações. Para o zagueiro Ferron, a Macaca tem fazer o máximo que vencer o Atlético Paranaense em casa e somar o maior número possível de pontos antes da parada.
 
“Até pela paralisação, temos que conseguir as vitórias e fazer a máxima pontuação que puder. Vamos ficar muito tempo parados, então temos que terminar esta fase deixando confiança e uma boa impressão”, afirma o jogador.  Na opinião dele, a Macaca vem atuando bem e demonstrando em campo que tem futebol para conquistar os seis pontos nas próximas rodadas, mesmo tendo perdido o último jogo para o Corinthians.
 
“É difícil enfrentar o Corinthians no Pacaembu querendo a primeira vitória no Brasileiro, mas tivemos oportunidades de matar o jogo, jogamos de igual para igual. Infelizmente não aconteceu, mas o mais importante é que sabemos que estamos no caminho certo. Fizemos o possível para vencer ou pelo menos sair com um ponto, que seria um resultado mais justo. No entanto, nosso foco agora é o jogo contra o Atlético Paranaense, para que possamos, aqui sim, dentro dos nossos domínios, fazer prevalecer o mando de casa”, diz.
 
Para o defensor alvinegro, o bom resultado depende da aplicação do time. “Se mantivermos a mesma configuração, essa pegada, esse foco que mostramos nos últimos jogos, temos tudo para conquistar o resultado positivo. No Brasileiro não pode ficar duas, três partidas sem somar e tem que fazer prevalecer mando de campo. Então temos que ter o mesmo pique dos dois últimos jogos para construir uma sequência boa na pontuação”.
 
Ele faz a ressalva de que o jogo será complicado, mas a Macaca tem condições de atingir a meta estipulada. “Quando a gente entra dentro de campo obrigação é de ganhar, todos querem isso. Então temos duas partidas dentro de casa e é muito importante que possamos somar seis pontos, até pela maneira que a gente joga. Será um jogo difícil, mas podemos fazer isso”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS