Vale uma vaga na semifinal da Total Sul Americana: Macaca faz decisão histórica contra o Vélez em Buenos Aires

Crédito obrigatório para reprodução das fotos:
PontePress/VictorHafner

Em um jogo histórico para a Ponte Preta, a Macaca vai entrar às 20h45 desta quinta-feira (7) no estádio José Amalfitani, na cidade de Buenos Aires, para enfrentar o Vélez Sarsfield pela partida de volta das quartas de final da Copa Total Sul Americana. Após o 0 a 0 no primeiro jogo em Campinas, quem vencer avança à semifinal do torneio. Em caso de empate sem gols, a  decisão vai para os pênaltis e um empate com gols dá a classificação para a Macaca.

 

“Dá para ver que o Vélez estão muito concentrados nessa competição, tanto que pouparam vários jogadores no Campeonato Argentino. Vai ser pedreira, um jogo difícil contra uma equipe qualificada tecnicamente. Eles vão pressionar e tentar resolver logo de início. Se conseguirmos suportar essa pressão inicial podemos surpreender. Acredito que teremos um bom resultado neste jogo”, diz o treinador Jorginho.

 

Para esta partida, o comandante da Macaca quer montar uma equipe consistente na marcação e rápida no ataque. Para isso, ele deixa aberta a possibilidade de surpreender na escalação inicial do time. “Temos que entrar em campo muito atentos na parte defensiva, muito bem postados e com uma saída rápida para surpreendê-los. Acredito que eles estão esperando uma formação nossa e podemos fazer algo diferente para surpreender nisso”, afirma Jorginho.

 

Conforme já antecipou o coordenador de futebol Marcus Vinicius, o treinador não poderá contar com o meia Fellipe Bastos, que teve um entorse de tornozelo na partida contra o Criciúma e retornou a Campinas, onde passará por tratamento intensivo para poder voltar a campo no domingo, contra o Vitória pelo Campeonato Brasileiro. “É preferível poupar o atleta para que possa estar bem no próximo jogo, que é fundamental, do que colocá-lo para jogar no sacrifício e arriscar aumentar uma lesão e perdê-lo para o resto do ano”, diz Marcão.

 

Dos lados do Vélez Sarsfield, o zagueiro Fernando Tobio resumiu o pensamento do grupo em entrevista publicada no site oficial do clube argentino. “Temos que jogar como uma final. Não podemos ficar desesperados para marcar um gol logo e precisamos manter a concentração o tempo todo, porque é uma final que não podemos perder.”

 

O Vélez também contará com o apoio em massa da torcida, que se mostrou dividida em relação à atuação do time no primeiro confronto. Enquete oficial revela que, entre os torcedores ouvidos até a manhã ontem, 45,4% deles achava que o importante era que o time não perdeu a partida em Campinas, enquanto 54,6% criticavam o fato de o time argentino ter desperdiçado chances de gol.

 

Mas se o adversário terá o fator casa a seu lado, a torcida pontepretana também estará presente incentivando o time. Contando os pacotes comercializados pela PonteTour e pontepretanos que pretendiam ir a Buenos Aires por conta própria até mesmo de carro ou ônibus, o elenco da Macaca deverá contar com apoio de  700 a dois mil torcedores alvinegros na capital argentina.

 

A partida entre Ponte Preta e Vélez Sarsfield terá transmissão Ao Vivo do canal por assinatura FOX Sports, das rádios esportivas de Campinas (AM 870, 1170 e 1270; e FM 99,1) e texto completo aqui no site oficial da Macaca logo após o apito final do árbitro em Bueno Aires.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS