Ponte Preta enfrenta São Paulo no Morumbi, na noite deste sábado, e técnico Doriva, invicto no Brasileirão, espera confronto equilibrado contra o rival

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/FábioLeoni

A equipe da Ponte Preta vai até a capital paulista, onde enfrenta o São Paulo na noite deste sábado (29), às 21 horas, no Morumbi. A partida é válida pela 21ª Rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Para o técnico Doriva, que se mantém invicto na competição nacional desde que assumiu a Macaca, o jogo promete ser equilibrado. “Estamos em uma sequência boa e a equipe está confiante. Fizemos um bom jogo contra o Grêmio, não vencemos, mas foi uma partida de alto nível. Dominamos e poderíamos ter vencido. Precisamos das vitórias, dos pontos, pois o campeonato é difícil. Esperamos manter essa seqüência de performance e bons resultados”, diz.

Doriva destaca que a equipe paulistana é um grande obstáculo e que a Macaca tem de estar atenta 100% do tempo. “É um jogo difícil, jogar no Morumbi é sempre uma dificuldade a mais. Temos que estar focados, minimizar os erros e aproveitar as chances. O São Paulo é uma equipe com qualidade técnica, boa variação e temos que estar prontos para todas as circunstâncias”, afirma.

Apesar d o time paulistano vir de um resultado positivo no meio de semana, ao eliminar o Ceará pela Copa do Brasil, e a Ponte Preta ter sido eliminada pela Chapecoense na Sulamericana, as duas equipes estão próximas no Brasileiro em número de pontos. Enquanto a Macaca está com 27, na 12ª posição. O São Paulo está na 6ª colocação, com 31. Uma vitória da Macaca diminui a distância para apenas um ponto. Com esse panorama, Doriva espera uma Ponte motivada.

“Cobramos dos atletas e exigimos em cima da motivação para que lês deem tudo de si. Independentemente de quem entrar em campo, esperamos isso deles. Lamentamos o fato de não ter seguido na Sulamericana, mas temos que seguir para frente no Brasileirão, onde virão jogos difíceis pela frente e precisamos trabalhar com afinco”, ressalta.

O técnico Doriva tem como desfalques o zagueiro Pablo – em processo de ida para o Bordeaux, da França – e os atacantes Borges e Biro Biro, ambos lesionados. Em contrapartida, o treinador conta com a volta de Gilson e deDiego Oliveira. “A equipe é essa que trabalhamos, os que não estão aptos por lesão devem voltar na semana que vem. Lamentamos a ausência do Pablo,  um jogador que chamou atenção do exterior e são situações que o clube não consegue impedir, mas vamos senti r falta. Ao mesmo tempo, estamos confiantes que os nossos atletas que aqui estão vão dar conta”, completa.

Dos lados do São Paulo, a ausência dada como certa é de Rogério Ceni, vetado pelo DM. Quem não puder ir ao Morumbi logo mais, tem como opção o Première FC, e transmissão no rádio pelas AM 1170 ou 870, FM 99,1 e a webrádio PonteNews.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS