Ponte enfrenta Sol de América nessa quinta (29), no Majestoso, em primeiro duelo pela segunda fase da Sulamericana

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A Ponte volta a campo nessa quinta-feira (29), às 19h15, no Moisés Lucarelli, mas dessa vez pela Copa Conmebol Sudamericana 2017. Após classificar para a segunda fase da competição, a Macaca enfrenta o Sol de América, do Paraguai, nesse primeiro duelo entre as equipes. O técnico Gilson Kleina ressaltou a importância de conseguir um bom resultado nesses primeiros 90 minutos contra os paraguaios.

“É importante entender o regulamento do mata-mata. Na fase anterior, o nosso primeiro jogo foi 0 a 0 e não seu viu vantagem para ninguém. Mas a partir do momento que fizemos um gol fora, tínhamos a vantagem do empate, como aconteceu. É importante não tomar gol e fazer algum tipo de vantagem, que seria o ideal. É isso que conversamos. É uma competição que tem que saber viver o espírito dela, sabendo que no Paraguai, onde se classificaram, eles são fortes”, avalia o treinador, que fala sobre o adversário da noite.

“No primeiro confronto deles eles ganharam fora de 3 a 2 e em casa venceram por 7 a 1. É uma equipe que soube fazer a vantagem e depois soube administrar com méritos, goleando o adversário venezuelano. Chama atenção que é uma equipe que está há cinco jogos sem perder. O volante deles, o Franco, foi convocado para as Eliminatórias, pela seleção paraguaia. Tem jogadores experientes, com passagens por seleção e é uma equipe que já jogou seis vezes a Libertadores, foi duas vezes campeão do Paraguai, tem 108 anos, é uma equipe de tradição”, diz Kleina, que acrescenta.

“O Sol de América foi sexto colocado no campeonato, conseguiram a vaga para Sulamericana e em um jogo que fizeram contra o Olímpia, foram buscar o empate, após estarem perdendo por 2 a 0. Temos que ser fortes nos nossos domínios, fazer com que nossa equipe seja aguerrida, para sermos competentes nesses 180 minutos”, comenta o comandante da Ponte, que acredita no sucesso do time, mas para isso espera ver muito empenho dos atletas.

“Nós estamos fazendo de tudo para atingir o objetivo maior, que é o sonho de todo pontepretano. Estivemos muito próximos nesse Paulista, mas mais uma vez escapou. Nós temos que tentar conviver mais com isso. Não podemos em nenhum momento achar que na Sulamericana existe jogo fácil. Classificamos para essa fase, com empate sem gols aqui. Espero que tenhamos evoluído bastante, que a nossa equipe tenha uma postura ofensiva, forte, para que façamos os gols”, reforça.

Kleina ressalta o quanto é importante o poio da torcida pontepretana em mais esse jogo internacional. “Que o nosso torcedor compareça, que possamos lotar o Moisés, mais do que nunca é importante. Dentro do Majestoso a equipe da Ponte é forte, e com o apoio do nosso torcedor, ela pega mais energia ainda. Faço esse convite, para que venha nos ajudar e possamos sair vitoriosos”, completa.

 

Ingressos

Para garantir lugar na arquibancada geral (área central descoberta ou cabeceira), cadeira social ou camarote, o torcedor pagará R$ 60,00 (inteira) ou R$ 30 (meia). O mesmo valor é praticado para os 3 mil e cem ingressos à venda para os visitantes. O Torcedor camisa 10+, porém, paga apenas mensalidade de R$ 39,90 para ter acesso a todos os jogos realizados no Majestoso sem desembolsar um centavo a mais de ingresso.

O pontepretano que não for ao Majestoso para acompanhar a partida desta noite, tem como opção acompanhar o jogo Ao Vivo pelo canal SporTV, em VT às 22h15, no Fox Sports 2, ou pelas rádios esportivas de Campinas, em FM 99,1 , AM 870, AM1170 ou ainda pelas webradios PonteNews, Alberto César e Macacada Reunida.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS