Ponte enfrenta Palmeiras neste domingo (21), fora de casa e Eduardo Baptista acredita em bom jogo dos seus comandados

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A Ponte Preta vai até São Paulo, na tarde deste domingo (21), onde enfrenta o Palmeiras, no Allianz Parque, às 16 horas.  O técnico Eduardo Baptista mostra confiança em bom jogo dos seus atletas. “O Campeonato Brasileiro é muito equilibrado e todas as opções são abertas. Até esse retrospecto da Ponte Preta (duas vitórias em dois jogos no estádio adversário) demonstra que não é impossível vencer lá. É difícil, o Palmeiras tem um meio de campo muito forte, como a Ponte também tem. A torcida empurra e é um time difícil de ser batido, mas não impossível. O time tem respondido aos trabalhos, a equipe respondeu bem a atividades que buscamos implantar e é ir para São Paulo, enfrentar o Palmeiras de igual para igual e quando tiver com bola tentar jogar”, destaca o técnico, que ainda tem uma dúvida para o confronto.

 

“A equipe teve uma boa atuação no último jogo, e então a única dúvida era uma alteração forçada, devido a suspensão do Roger. Vou levar essa dúvida até a hora do jogo, para ver o que iremos fazer”, revela o treinador.

 

Eduardo buscou usar a semana sem jogos para melhorar ainda mais seu elenco e é com essa expectativa, de evolução do time, que a Macaca vai até São Paulo. “A Ponte Preta tem uma sequência de Palmeiras, Atlético Mineiro, Corinthians, Flamengo, América Mineiro e Grêmio. São todos jogos grandes. Tivemos uma semana para nos preparamos, para colocar isso na cabeça dos jogadores. Terminamos o primeiro turno com uma pontuação muito próxima de grandes equipes e é assim que tem que ser encarado. Com o respeito que o Palmeiras tem que ter, pela campanha que vem fazendo, joga em casa, é um peso grande, mas com a certeza que se fizermos um grande jogo, encaixando a marcação e o que nós trabalhamos, podemos conseguir o resultado”, ressalta o comandante, que acrescenta.

 

“É difícil jogar contra o Palmeiras, tem um mando de campo muito forte, mas temos condições de chegar lá e tentar pontuar. A Ponte Preta é o 10º colocado fora de casa, então se equilibra muito com a campanha que vem fazendo. Todos os mandos estão muito fortes. O Palmeiras tem só seis pontos a mais que nós jogando fora de casa. Temos buscado corrigir situações. Quando estamos fora de casa temos poucas chances, então quando tiver tem que matar”, reforça Eduardo, que finaliza exaltando a força do seu time.

 

“O Palmeiras vai ter que se doar demais e correr muito para ganhar de nós. Nós entraremos de igual para igual. É difícil para nós, mas o Palmeiras sabe que vai pegar um osso duro também e nós vamos jogar. Quem atuar melhor vence”.

 

Quem não for até o Allianz Parque, pode acompanhar a partida da Macaca pelo Premiere FC, ou pelas rádios esportivas de Campinas – FM 99,1 e AMs 870 e 1170, e pelas webrádios PonteNews e Macacada Reunida.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS