Ponte enfrenta o Vitória nesta quinta (13) e aposta em Majestoso cheio para conquista dos três pontos; Para Aranha, sequência de duas partidas em casa pode definir o rumo da Macaca na competição

                                                                             Foto: PontePress/ThiagoToledo                                                                    

A Ponte começa hoje contra o Vitória a série de duas partidas consecutivas no Majestoso para subir na tabela de classificação. E a expectativa é de estádio cheio, já que a Maior do Interior abraçou a promoção de trocar duas garrafas PET por um ingresso. O lote promocional foi esgotado para o duelo contra o Vitória, nesta quinta-feira, às 19h30 e a diretoria da Ponte anunciou uma carga extra de três mil bilhetes para troca, aumentando a expectativa de casa cheia. A medida também vale para a partida diante do Santa Cruz, domingo, às 18h30.

Após o revés para o Cruzeiro fora de casa, a equipe da Macaca se fechou e os próprios jogadores se cobraram para descobrir o motivo da queda de rendimento e a ausência de resultados. Para o goleiro Aranha, a dificuldade do Campeonato Brasileiro faz com que cada ponto deva ser comemorado e aposta nas partidas em casa para definir o rumo da Macaca no torneio.

“Em um campeonato tão disputado como esse qualquer ponto conquistado é valioso. Um ponto decreta quem cai, quem é campeão, quem vai para a Libertadores. Somar é sempre importante. Independente disso sempre entramos para vencer. Temos feitos boas partidas, mesmo quando não vencemos. É difícil fazermos uma partida desorganizada. Procuramos sempre vencer. Se tivermos sucesso nas próximas rodadas provavelmente vamos brigar na parte de cima com mais tranquilidade”, afirmou.

Sobre os gols tomados, o arqueiro é otimista e acredita que a postura da equipe em sempre buscar o jogo e o gol, explique os números da defesa. “Nosso time sempre arrisca e agride muito nas partidas. Talvez isso explique o número de gols tomados. O mais importante no campeonato são os pontos, depois vem os critérios. Temos os pés no chão e o trabalho vem sendo bem feito. Cada um enxerga do jeito que quer. É aquela história do copo meio cheio e meio vazio. Eu prefiro enxergar ele meio cheio.  Temos duas partidas em casa e se vencermos já muda todo discurso e o que não era bom, já passa a ser”.

A muralha do Majestoso revela que a ausência de vitórias nas últimas partidas incomodou todo o grupo. “Estávamos em uma sequência boa e feliz. E depois demos uma caída. Isso é normal, pela experiência que eu tenho em outros clubes. Quando as coisas não vão bem, você tem que se fechar, conversar entre os jogadores, grupo diretoria, ver o que precisa melhorar, o que esta errado, o que precisa ser feito a mais, antes de passar algo para a imprensa e para os torcedores. Posso estar imaginando uma coisa, o treinador outra. Por isso a preocupação em estar bem alinhado. As vezes o jogador está de cabeça quente, por isso precisamos ter muita atenção nesses momentos”, declarou.

Para encerrar, o atleta elogiou a presença do presidente de honra da Macaca, Sérgio Carnielli no início da semana de preparação. “A presença do Carnielli foi muito importante. Se a Ponte está onde está hoje ele tem uma parcela gigantesca nisso. Todo mundo em Campinas sabe disso, da importância dele. A presença dele nesse momento é muito importante. Quando as coisas estão difíceis você sempre olha para os lados e é bom você ter pessoas firmes ao seu lado”, completa.

Ingressos

O novo lote de ingressos estará à disposição para troca a partir das 9h desta quinta-feira, exclusivamente no portão principal do Estádio Moisés Lucarelli. Quem quiser garantir presença nas duas partidas, já pode levar o número de garrafas equivalentes – só precisa lembrar depois de separar o bilhete correspondente para cada confronto.

Se a carga extra também acabar, ainda haverá a possibilidade de comprar ingressos mais baratos para a arquibancada: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) nos dois jogos. Outra novidade anunciada foi que, para quinta e domingo, não haverá setorização entre arquibancada central e cabeceira, com a entrada liberada pelos portões principal e lateral, e o torcedor podendo escolher onde sentar – normalmente, acesso do TC10+ acontece somente pela lateral, enquanto que o portão principal fica reservado para o Espaço Família.

Caso você não esteja no Moisés Lucarelli, tem como opções acompanhar a partida da Macaca pelo Premiere FC, pelas rádios esportivas de Campinas – FM 99,1 e AMs 870 e 1170, e pelas webrádios PonteNews e Macacada Reunida.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS