Ponte enfrenta Cruzeiro nessa quinta (22) e Kleina confia em time competitivo, aliado à força do Majestoso para voltar a vencer no Brasileiro

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A equipe da Ponte Preta enfrenta o Cruzeiro, na noite dessa quinta-feira (22), no estádio Moisés Lucarelli. A partida, válida pela 9ª Rodada do Campeonato Brasileiro Série A, será às 19h30 e o técnico Gilson Kleina acredita muito, tanto na força do seu elenco, como na atmosfera do Majestoso, para voltar a vencer na competição.

 

“Vamos tentar fazer o que temos feito dentro de casa. Entendo que a Ponte, dentro do Moisés, está fazendo um campeonato forte. Sabemos que o Cruzeiro mostrou poderio, reagiu contra uma equipe, que está jogando um futebol muito competitivo e com um valor técnico muito grande, que é a do Grêmio. Será um jogo difícil, mas temos que manter nosso nível de atuação, com intensidade, concentração alta, para continuarmos a vencer”, afirma o treinador.

 

Kleina faz uma avaliação do seu time e conta a atitude que espera ver dentro de campo. “Nossa equipe é ofensiva, mas tem momentos em que às vezes não temos jogadores. Não mudamos o nosso DNA. Peço a eles para que continuemos a ser uma equipe intensa, competitiva, como estamos desde que nós chegamos. Que tenhamos uma compactação na parte ofensiva, da mesma forma quando perder a bola, mas tem momentos em que se muda a característica”, pontua o treinador, que terá a volta de Nino Paraíba, após suspensão.

 

Já, sobre o adversário, o técnico espera dificuldades, mas vê a Ponte com bons valores para lutar de igual para igual. “O Cruzeiro joga com os atacantes com muita mobilidade. Hora está o Rafael Sobis na referência, hora chega o Tiago Neves, mas roda muito o Robinho com o Alison. São os quatro da frente que tem um poderio técnico muito grande e sabemos que vamos ter neutralizar esses pontos fortes e impor os nossos. Mas nós também temos jogadores diferenciados, decisivos e espero que nossa estratégia possa encaixar, para voltarmos a vencer”, ressalta Kleina, que quer ver o time brigando por coisas grandes na competição.

 

“Eu entendo que o espírito da Ponte Preta é de ser uma equipe competitiva, aguerrida, até pela sua tradição, mas também pelo que pensamos em termos de Campeonato Brasileiro. Temos que ter uma ambição sim. Se fizermos nosso dever de casa, por que não podemos sonhar e brigar pelo topo da tabela? Temos que ter essa ambição e ao mesmo tempo os pés no chão”, destaca o comandante, que acrescenta.

 

“Contra o Santos já vi uma equipe mais agressiva, criando condições de sair com a vitória. Se fizermos o resultado dentro de casa, nos credencia a brigar por posições altas na tabela. Eu falo para os atletas que a nossa mentalidade tem que ser vencedora”, completa.

 

Ingressos

 

Para garantir lugar na arquibancada geral (área central descoberta ou cabeceira), cadeira social ou camarote, o torcedor pagará R$ 100,00 (inteira) ou R$ 50 (meia). O mesmo valor é praticado para os 3 mil ingressos à venda para os visitantes.

 

O Torcedor camisa 10+, porém, paga apenas mensalidade de R$ 39,90 para ter acesso a todos os jogos realizados no Majestoso sem desembolsar um centavo a mais de ingresso. E, vale lembrar, é possível se afiliar ao programa e aproveitar o benefício até o final do primeiro tempo de hoje, na sala do TC10+, no próprio estádio.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS