Ponte enfrenta Chapecoense na tarde deste domingo (18), em Santa Catarina; Eduardo Baptista mostra confiança em força do elenco e Zé Roberto, reforço da Macaca, já está relacionado

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

 

A Ponte Preta tem mais um desafio na tarde deste domingo (18), pelo Campeonato Brasileiro Série A. A equipe enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó/SC às 16 horas. É mais um jogo que promete ser equilibrado, até por conta da proximidade dos clubes na tabela de classificação da competição. Enquanto a Ponte Preta é a 6ª colocada com 38 pontos ganhos, o adversário da tarde está na 9ª posição, com um ponto a menos. O técnico Eduardo Baptista reforça a dificuldade de se enfrentar os catarinenses, mas confia em um bom rendimento da equipe.

“Mais um jogo difícil. Todos os jogos são decisões. Todo jogo vamos encontrar um time buscando algo no campeonato. Ou pra cima ou em baixo. E a Chapecoense não é diferente. Há alguns anos, como a Ponte Preta, faz o seu mando muito forte. Se impôs contra o Fluminense, conseguiu um resultado importante e vem com moral. Mas a Ponte Preta vem sabendo jogar fora de casa, com personalidade, e vamos enfrenta-los buscando pontuar. Vamos buscar pontos nestes dois jogos fora, para nos ajudar lá na frente”, afirma o treinador.

Para esse jogo a Macaca não poderá contar com Thiago Galhardo e Wendel, que se recuperam de contusão. Mas tem a presença de mais um reforço. O atacante Zé Roberto foi apresentado na sexta-feira (16) e já se encontra à disposição do treinador.

“É um jogador que veio por se encaixar bem no nosso esquema. Ele sabe atuar pelos lados, tem facilidade também por dentro e tem essa condição de jogar como 9. Temos um ataque que está funcionando, mas é um campeonato longo de muitos jogos pesados, decisivos e temos que ter opções para suprir. Já acompanhamos algum tempo no Bahia, fez boas partidas, é jovem e quem sabe não vai nos ajudar”, ressalta Eduardo.

O atleta se mostrou muito feliz de já poder estar junto do grupo em mais esse desafio. “Feliz de já ir para o jogo. Estou super bem fisicamente e se por acaso precisar da minha ajuda estou à disposição para contribuir da melhor forma possível”, comemora o atacante, que reforça. “Estou bastante feliz e empolgado. Estava com esse sonho em vir para a Ponte, que é um time que sempre me quis e eu sempre tive essa vontade. Sou grato ao Bahia por ter me lançado no cenário do futebol, mas estou muito empolgado em ter sucesso aqui na Ponte Preta”, revela.

O jogador, que fez 23 anos na última quarta-feira (14), espera se adequar o quanto antes ao seu novo clube. “Meu primeiro objetivo é me entrosar o mais rápido possível com o grupo, dentro e fora de campo. Ainda é cedo para estipular metas e o importante é ajudar a Ponte a vencer, para subir na tabela”, diz Zé Roberto, que teve boas recomendações ao vir para a Macaca.

 

Foto: PontePress/RodrigoCeregatti

 

“O Guto falou comigo que eu estava indo para um baita de um clube e para eu focar muito aqui. O Cajá também falou super bem. O Marcelo Lomba, que é meu amigo, me mandou mensagem falando que estava indo para um grande clube e uma ótima cidade também, boa para se morar. Todos só me falavam coisas boas sobre a Ponte e isso me deu ainda mais motivação de vir para cá”, completa.

Quem não estiver na Arena Condá, pode acompanhar a partida da Macaca pelo Premiere FC ou pelas rádios esportivas de Campinas – FM 99,1 e AMs 870 e 1170, e pelas webrádios PonteNews e Macacada Reunida.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS