Ponte encara a Chapecoense para voltar a vencer e subir na tabela

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/FábioLeoni

 

Domingo de manhã é dia de Macaca em campo. A Ponte Preta vai enfrentar a Chapecoense às 11 horas deste domingo (06) na Arena Condá em Chapecó. Com 27 pontos ganhos e na 13ª colocação na tabela do Brasileirão, a Ponte precisa vencer o time catarinense que tem apenas um ponto a mais e está logo a cima na classificação para voltar a somar três pontos e subir na tabela.

“Precisamos ter inteligência para jogar e uma estratégia clara. Sabemos que a Chapecoense também precisa do resultado e precisamos ter sabedoria. É um jogo que nos interessa muito, em um horário complicado, que será desgastante e que tende a ser muito disputado e competitivo. A Chapecoense tem um retrospecto muito bom dentro de casa e temos que saber jogar o jogo, marcar e sair rápido, pois temos ambições nessa partida”, diz o treinador Doriva.

Para esta partida, a Macaca terá a volta do lateral esquerdo Gilson que não pode enfrentar o Cruzeiro devido a questões contratuais. Por outro lado, não poderá contar com os suspensos Fernando Bob e Biro Biro. “O Josimar deve entrar no meio campo. Ele é um jogador já com lastro e experiência que se posiciona muito bem de primeiro volante e vai nos ajudar muito na sequência da competição”, explica Doriva, que ainda deve fazer outras mudanças no time.

“No caso do Bady é uma opção tática. Sabemos que essa posição do campo tem muita cobrança, até pelo Renato Cajá não estar mais aqui, mas é um jogador que tem personalidade e não descartarmos. Ele vem em uma crescente, mas entendemos que neste momento é mais interessante começar com um time mais postado com o Juninho que é um jogador de mais contato para equiparar esse quesito com o adversário.”

A partida entre Ponte Preta e Chapecoense terá transmissão Ao Vivo pelo pay-per-view do Premier Futebol Clube, das rádios esportivas de Campinas (AM 870 e 1170; e FM 99,1) e das webrádios Macacada Reunida e Ponte News.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS