Ponte empata por 1×1 com o Gimnasia na Argentina e está classificada para a próxima fase da Conmebol Sudamericana

                                                                                         Crédito obrigatório:
                                                                                        PontePress/FabioLeoni
Foi sofrido, foi na raça, foi Ponte Preta. A Macaca empatou por 1×1 com o Gimnasia na noite desta terça-feira na Argentina e está classificada para a próxima fase da Copa Conmebol Sudamericana. O gol da Ponte foi marcado por Elton e o goleiro Aranha se destacou com importantes defesas para segurar a classificação alvinegra.

O jogo

A Macaca começou a decisão bem posicionada em campo. A equipe argentina abusava das jogadas mais ríspidas. O meia Ravanelli bem marcado em campo, buscava as jogadas com Clayson e Yuri. A Ponte tocava muito bem a bola procurando espaços na defesa adversária. Aos 13 Carrera do Gimnasia recebeu o amarelo por falta dura em Jadson.

Aos 15 minutos Ravanelli achou Yuri que chutou cruzado para defesa do goleiro adversário. Na sequência aos 17 minutos, Artur cruzou, Yuri ajeitou para Clayson que chegou batendo com perigo. O Gimnasia tentava chegar através de cruzamentos na área, todos afastados pelo goleiro Aranha.

E aos 25 minutos a Ponte abriu o placar. Após falta batida por Ravanelli, Elton testou bonito para abrir o placar na Argentina. Na sequência aos 27, o Gimnasia empatou com Rinaudo após rebote no escanteio.

O gol chamou a equipe argentina pra cima da Ponte. Aos 32 minutos Aranha fez uma grande defesa para evitar o segundo gol argentino. A Ponte tocava a bola para esfriar o ímpeto do time argentino. O estádio virou um caldeirão após o gol de empate. Aos 40 minutos o meia Ravanelli recebeu o cartão amarelo por impedir cobrança de falta. Aos 42, Bob também recebeu o amarelo.

No último lance do primeiro tempo Nino Paraíba entrou na área em diagonal e chutou forte para fora. Após um minuto de acréscimo o árbitro encerrou a partida.

 

A Ponte voltou tocando a bola e procurando espaços na defesa do Gimnasia. Aos 11 minutos Yuri recebeu na entrada da área e chutou cruzado com muito perigo. A Macaca tocava a bola e fazia o tempo correr. O atacante Clayson era muito acionado.

Aos 24 minutos Aranha fez uma defesa espetacular salvando a Macaca de levar a virada. A Ponte se defendia bem e buscava um contra ataque para matar a partida. Aos 36 Aranha mais uma vez foi fundamental com outra grande defesa.

A Ponte respondeu aos 38 minutos em contra taque com Clayson que chutou de fora da área para defesa do arqueiro adversário. A Ponte Preta se defendia muito bem e bloqueava os ataques do Gimnasia. E após quatro minutos de acréscimo o juiz encerrou a partida. Macaca classificada para a próxima fase.

Ficha técnica:

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba (Jeferson), Marlon, Kadu, Artur, Fernando Bob, Elton, Jadson (Naldo) Ravanelli, Clayson, Yuri(Lins). Técnico Gilson Kleina

Gimnasia:Alexis Martin, Oreja, Mauricio Romero, Guanini, Licht, Carrera, Rinaudo, Perdomo, Aleman, COntin, Mazzola Técnico: Gustavo Alfaro

Local: Estádio Juan Carmello Zerillo – Argentina
Arbitragem: Esteban Ostojich, Miguel Neivas e Gabriel Popovits
Cartões amarelos: Carrera, Ravanelli, Fernando Bob, Oreja, Jeferson
Cartões vermelhos:
Gols: Elton, Rinaudo

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS