Pleno modifica pena e STJD pune Ponte com dois jogos com portões fechados em competição nacional por confusão em Joinville

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva concedeu ontem provimento parcial ao recurso da Procuradoria contra Joinville e Ponte Preta por problemas ocorridos na Série B do Campeonato Brasileiro de 2014. Pela desordem e paralisação do jogo, os clubes foram multados em primeira instância, mas tiveram a pena modificada: com a decisão, a Ponte Preta terá que desembolsar multa de R$ 15 mil e cumprir duas perdas de mando com portões fechados, enquanto o Joinville – que não tinha antecedentes – teve a multa de R$ 10 mil mantida e terá que cumprir uma perda de mando sem a presença da torcida.

As perdas de mando são válidas para competição nacional e serão cumpridas no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. Um detalhe importante é que a Macaca poderá definir jogar em Campinas ou em outra cidade, desde que mantenha os portões fechados. “Infelizmente, a  Ponte teve a pena majorada em razão de antecedentes que já tinha e que foram consideradas pelo Pleno do STJD, ou seja, fomos considerados reincidentes ao contrário do Joinville que até então não tinha antecedentes neste sentido”, explica o diretor jurídico Giuliano Guerreiro.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS