Com tempo entre as competições, preparador físico Lucas Benchimol explica planejamento da intertemporada da Ponte #ORLvsPonte

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:
PontePress/GuilhermeDorigatti

 

Entre o término do Campeonato Paulista e o início do Campeonato Brasileiro da Série A, a Ponte Preta conta com 28 dias para treinar e se preparar para a sequência da temporada. O preparador físico Lucas Benchimol explica como é feito esse planejamento de trabalho para os jogadores alvinegros, que terá excepcionalmente neste ano uma parte da intertemporada internacional, em virtude do amistoso contra o Orlando City, nos EUA.

“Temos o nosso planejamento anual em dois blocos. Primeiro o Paulista e depois o Brasileiro, tendo a Copa do Brasil junto com as duas. Esse tempo é importante para fazer os jogadores descansar do primeiro bloco e, logo depois, colocar uma carga forte de treino novamente para já irem respondendo e aumentar a performance para suportar a temporada que será bem longa com jogos próximos um dos outros”, diz Benchimol. 

O preparador ainda detalha o passo a passo dessa intertemporada, que começou com descanso e agora está na fase de alta intensidade de treinos. “Estamos nos preparando bem, podendo jogar uma carga de treino em cima dos atletas que não conseguimos durante as maratonas de jogos, já que precisamos diminuir essa intensidade devido aos jogos muito próximos. Conseguimos possibilitar um descanso de três ou quatro dias para os atletas recuperarem um pouco antes de voltar e agora estamos forçando nos treinos para eles poderem voltar mais fortes aos jogos depois.”

Outro ponto que é trabalhado durante essa pausa é o caso dos jogadores que chegaram ao grupo depois do demais e carregam alguma deficiência na preparação física. “Trabalhamos com um grupo e as atividades são no geral na maioria do tempo, mas temos que respeitar as individualidades de cada atleta que respondem diferente aos estímulos a cada capacidade física. Temos diversas avaliações e o próprio histórico de trabalho dos atletas para nos auxiliar nisso. Alguns atletas que chegaram depois da pré temporada no início do ano também podem aproveitar agora para melhorar o desempenho e se prepararem melhor”, pontua.

Benchimol, que por sinal tem cidadania americana e faz parte da Comissão Técnica que acompanhará o time aos EUA, também preparou atividades para os treinos fora do país e o confronto contra o Orlando City. "Para nós esta viagem não é só uma chance de internacionalizar a marca, mas é também parte de uma preparação específica visando ao Brasileiro", conclui.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS