Valorização da Base: a partir deste mês, Ponte apresenta semanalmente um talento das categorias SUB20, 17 e 15 no site e no facebook; zagueiro Handerson, dos Juniores, é o primeiro

A Base da Macaca vive grande fase, revelando talentos para o profissional, obtendo convocações para as seleções das categorias infantil, juvenil e júnior, disputando competições nacionais e internacionais e ganhando campeonatos. Para valorizar ainda mais esse momento e tornar os rostos dos atletas mais conhecidos da torcida, a partir de agora – semanalmente- um jogador terá seu perfil divulgado no site e redes sociais.

E o primeiro convocado é o zagueiro brasiliense Handerson, de 18 anos, há cinco atuando com a camisa alvinegra: “Comecei a jogar bola aos sete anos, a motivação era o meu irmão. Fui conquistando as coisas aos poucos, lá dentro de Brasília mesmo, até que surgiu uma oportunidade de fazer uma avaliação no Cruzeiro. Fiz, passei, mas a família não tinha condição e menino da minha idade não podia ficar alojado dentro do clube”, relembra.

O garoto até que tentou, ficando em pousadas e  hotéis. “Mas minha família não tinha tanta condição, aí acabei voltando à Brasília. Depois surgiu outra oportunidade no Fluminense: fui, passei no teste e, de novo, para menino da minha idade não tinha tanta oportunidade, porque eu tinha doze anos. O empresário que eu tava na época falou assim: vou te levar para um clube que você vai ter mais oportunidade, no Estado de São Paulo, você vai jogar mais, aí eu vim aqui para Ponte”, diz.

Cursando o terceiro colegial, Handerson espera ter a chance de mostrar seu futebol na edição da Taça São Paulo que se aproxima e poder ir além.  “Quero fazer uma boa taça, quem sabe fazer uma pré-temporada boa com o profissional e ir conquistando de pouco em pouco, subindo os degraus”, diz.

Perfil da Semana – Handerson

Nome: Handerson Santos Lemos.

Idade: 18 anos.

Posição: Zagueiro.

Nascido em: Brasília.

Maior sonho: Chegar à seleção Brasileira.

O que significa a Ponte Preta?  “Algo muito especial para mim, porque estou aqui desde os 13 anos e fui criando um amor enorme pelo time.”

O que faz nas horas vagas: Vai à igreja. "Tenho alguns amigos cristãos aqui e quando não estou na igreja, vou ao cinema, ao teatro, alguma coisa assim."

Motivação: A família. “Quando estou em campo, vou disputar algum campeonato, eu penso na família e consigo dar o meu melhor.”

Medo: Saber que um dia não vai poder mais jogar bola.

Melhor jogador do mundo:  Lionel Messi.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS