Ponte luta até o fim, mas perde para o líder do Brasileirão, o Atlético Mineiro

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:
PontePress/FábioLeone

A Ponte Preta voltou a jogar no estádio Moisés Lucarelli na noite desse sábado (11) e, enfrentando o líder do Campeonato Brasileiro Atlético Mineiro, lutou até o fim, mas foi superada pelo placar de 2 a 0. Com o resultado, a Macaca permanece com 17 pontos na décima colocação da tabela de classificação do nacional.

Agora, o próximo compromisso alvinegro será no domingo (19) contra o Joinville, às 18h30, na Arena Joinville em Santa Catarina por partida válida pela décima quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

O Jogo:

Diante de 4.733 pessoas, a primeira oportunidade aconteceu aos 10 minutos quando Renato Cajá cobrou falta da esquerda e mandou por cima do gol. Aos 12, Biro Biro fez boa jogada pela esquerda e lançou para Diego Oliveira, que chutou de primeira para a defesa de Victor. Um minuto depois, o Atlético cruzou da esquerda, Thiago Ribeiro ajeitou de cabeça e Lucas Pratto mandou para fora.

Aos 18 minutos Biro Biro cobrou falta da esquerda e obrigou o goleiro Victor a fazer a defesa no reflexo. Dois minutos depois, Giovanni Augusto cobrou escanteio da direita e Leonardo Silva cabeceou nas mãos de Marcelo Lomba. Aos 23, Douglas Costa cruzou da esquerda, Marcelo Lomba saiu bem do gol para interceptar a cabeçada de Thiago Ribeiro, e no rebote, Giovanni Augusto mandou pela linha de fundo.

O Atlético teve mais uma oportunidade aos 27 minutos quando Lucas Pratto recebeu na área e chutou forte, mas Pablo apareceu bem para desviar. Após a cobrança de escanteio de Giovanni Augusto, Thiago Ribeiro subiu alto para cabecear e abrir o placar no Majestoso. 1 a o para os visitantes. 

O jogo seguiu muito disputado, mas sem nenhuma outra chance de gol para ambos os lados, o primeiro tempo foi encerrado após um minuto de acréscimo.

Na volta do intervalo, a Macaca entrou com tudo e antes mesmo do primeiro minuto Biro Biro cruzou da esquerda e Felipe Azevedo mandou para fora. Aos 4 minutos Renato Cajá arriscou de longe e parou no bem colocado Victor. Dois minutos depois Giovanni Augusto invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro para Maicosuel chutar forte, mas Marcelo Lomba fez grande defesa.

Aos 9 minutos Biro Biro carregou pela esquerda, puxou para o meio e bateu de fora da área por cima do travessão. Aos 14, Giovanni Augusto arriscou de fora da área e mandou ao lado do gol. Três minutos depois, o treinador Guto Ferreira promoveu a primeira alteração da Ponte com a entrada de Cesinha no lugar de Renato Cajá. 

A segunda mudança alvinegra aconteceu aos 22 minutos com a saída de Diego Oliveira para a entrada de Borges. Aos 30, Luan recebeu na área e chutou colocado, mas Marcelo Lomba fez grande defesa para evitar o gol. Um minuto depois, a terceira e última substituição alvinegra foi promovida com a saída de Felipe Azevedo para a entrada do estreante Keno. 

Aos 34 minutos Juninho roubou a bola no campo de ataque e invadiu a área passando pelos adversários, caiu na área na disputa com o zagueiro, mas o árbitro enxergou como lance normal. Aos 39, Carlos Cesar cruzou da direita e Leandro Donizete chutou de primeira da entrada da área para fora. Três minutos depois, o Atlético chegou ao ataque trocando passes e Giovanni Augusto mandou para o gol. 2 a 0 no placar. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado após três minutos de acréscimos.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Fernando Bob, Juninho e Renato Cajá (Cesinha); Felipe Azevedo (Keno), Biro Biro e Diego Oliveira (Borges). Treinador: Guto Ferreira.

Atlético Mineiro: Victor; Carlos Cesar, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Giovanni Augusto (Josué) e Maicosuel (Carlos); Thiago Ribeiro (Luan) e Lucas Pratto. Treinador: Levir Culpi.
 
Data: 11/07/2015, sábado – 21 horas.
Local: Moisés Lucarelli, Campinas/SP.
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR).
Auxiliar: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Sidmar dos Santos Meurer (PR).
Cartões Amarelos: (Ponte Preta); Carlos Cesar, Giovanni Augusto e Leandro Donizete (Atlético Mineiro).
Gols: Thiago Ribeiro e Giovanni Augusto (Atlético Mineiro).

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS