Pela Série B, Ponte empata com o Vasco no Majestoso

Crédito: VictorHafner/PontePress


 

Três dias após enfrentar o Vasco pela partida de ida na Copa do Brasil, a Macaca teve pela frente novamente a equipe carioca, dessa vez pela Série B do Brasileiro. Com Parraga no banco, mas sob os olhares de Guto Ferreira, a Ponte empatou por 0 a 0 com a equipe carioca e chegou a 18 pontos na tabela do campeonato. As equipes voltam a se enfrentar pela Copa do Brasil na próxima quarta-feira (30) no Rio de Janeiro.  

 

Pelo Brasileiro da Série B, a Ponte volta a campo no próximo sábado contra o Sampaio Corrêa, no Castelão às 16:20.

O Jogo:

Ponte Preta e Vasco entraram em campo para se enfrentar pela segunda vez em quatro dias. Dessa vez pela Série B do Brasileiro, a Ponte recebeu duas injeções de ânimo para o jogo desse sábado. A volta do treinador Guto Ferreira no comando da Macaca e a volta do xodó da torcida pontepretana, Renato Cajá, que no intervalo da partida entrou em campo, saudou a torcida e distribuiu camisas.

Logo aos sete minutos Thales do Vasco recebeu amarelo por cotovelada maldosa em Alef. A punição ficou barata para o jogador do time carioca. A partida começou com as duas equipes se estudando.

Aos 15 minutos em chute forte de Fabrício, o Vasco levou perigo ao gol de Roberto. Aos 17 minutos a equipe carioca assustou mais uma vez em cabeçada de Aranda. Aos 19 minutos Luan foi advertido por parar o ataque da Macaca.

 

Aos 25 minutos Adrianinho lançou Rafael Costa que bateu firme para grande defesa de Martin Silva. A Ponte ensaiava um pressão. Aos 28 minutos Elton recebeu de calcanhar e bateu firme, mas para fora do gol.  Fabrício chegou por trás em Adrianinho aos 30 minutos, mas o árbitro não puniu o vascaíno.

 

Aos 42 minutos Juninho cruzou para a área e Luan tirou para escanteio. Na sequência a zaga do Vasco afastou de vez.

 

O árbitro assinalou um minuto de acréscimo. Aos 45 minutos Martin Silva repôs mal a bola e a Ponte tinha chance clara para abrir o placar, mas o árbitro parou a jogada para atender Adrianinho. Ninguém entendeu nada no Majestoso. Sem mais nenhum lance de perigo, o primeiro tempo foi encerrado.

 

Como divulgado, Renato Cajá entrou no gramado para saudar a torcida pontepretana.

A Ponte voltou para o segundo tempo com Cafu no lugar de Edno. Com a alteração a Macaca ganhou mais velocidade e equilibrava a partida.

Aos 23 minutos Rafael Costa chutou forte, mas subiu muito sem perigo para Martin Silva. Aos 23 minutos, Rafael Costa foi advertido com cartão amarelo. Na sequência, Alexandro entrou no lugar de Costa.

 

Alexandro que acabara de entrar, quase marcou de cabeça aos 26 minutos. A Ponte crescia em campo. Thiago Alves e Alexandro levavam perigo para a meta de Martin Silva.

 

Aos 35 em cruzamento de Douglas para Douglas Silva, a bola desviou em Elton e Roberto fez um milagre e salvou a Macaca. Aos 40 minutos a melhor chance da Ponte, Alef em um lindo chute obrigou Martin Silva a fazer uma grande defesa. A Ponte foi com tudo pra cima do Vasco e Cafu carimbou o travessão do Vasco.

Aos 49 minutos o árbitro encerrou a partida.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: Roberto, Juninho, Thiago Alvez, Gilvan, Bryan, Adilson Goiano, Alef, Elton, Adrianinho, Raphael Costa e Edno (Cafu) Treinador: Parraga

 

Vasco: Martin Silva, Carlos César (André Rocha), Luan, Douglas Silva, Diego Renan, Guinazu, Fabrício, Aranda, Douglas, Thalles (Edmilson) e Kleber  Treinador: Adilson Batista
 
Data: 26/07/2014, sábado – 16h20.
Local: Moisés Lucarelli – Majestoso Campinas-SP.
Ábritragem: Jailson Macedo Freitas – BA, Alessandro A Rocha de Matos – BA e Adson Marcio Lopes Leal – BA

Cartões Amarelos:  Thales, Luan, Rafael Costa

Cartão Vermelho: 
Gols: 

 

 

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS