Para Diego Sacoman, hora é de juntar os cacos, levantar e enfrentar as pedreiras que virão pela frente

 

O sentimento de frustração é palpável entre os atletas pontepretanos após a eliminação do Campeonato Paulista. Mas a tristeza tem que acabar, na opinião dos próprios atletas, e rápido. “Estamos chateados, mas o futebol é assim, temos que ir em busca de outros campeonatos e fazer melhor do que fizermos no Paulista. É juntar os cacos e levantar a cabeça, porque quem se levantar primeiro já tem outra pedreira pela frente. Então vamos dar volta por cima”, afirma o zagueiro Diego Sacoman.
 
O jogador acredita que o desempenho da Ponte na fase inicial do campeonato mostrou que a equipe tem um elenco forte, porque quando necessário conseguiu substituir atletas em campo à altura dos que saíram. “Mas deste último jogo não vejo o que destacar de positivo. Só acho que temos que aprender com o que aconteceu e encontrar a maturidade que não tivemos para em uma próxima experiência sabemos lidar com esse tipo de circunstância de jogo.”
 
O atleta garante que os jogadores focarão fortemente nos jogos da Copa do Brasil a partir de agora, mas sem deixar de lado as partidas da Taça do Interior. “O título do Interior não se compara com o objetivo principal que tínhamos, de sermos campeões paulistas. Mas se vamos entrar em campo temos que representar a Ponte com excelência independentemente do campeonato e é o que vamos fazer”, diz.
 
Ele finaliza dizendo que está confiante em um futuro melhor para a Macaca. “Temos muita coisa pela frente ainda neste ano e vamos dar nosso máximo pela Ponte Preta”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS