Macaca treina pela manhã e segue viagem para Joinville: Pablo espera que equipe corrija os erros para voltar a vencer

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:
PontePress/FábioLeoni

A equipe da Ponte Preta realiza na manhã deste sábado (17) o último treinamento antes de seguir para Joinville-SC, onde enfrentará a equipe da casa no domingo. O zagueiro Pablo, um dos mais regulares do elenco – com 12 partidas em 13 disputadas nesse Brasileiro – acredita que a Macaca tem que buscar corrigir erros que foram expostos nas últimas rodadas para voltar ao caminho das vitórias.

 

“Acreditamos no trabalho e não mudamos isso, nem nossa intensidade e foco. Nas últimas rodadas pegamos times muito qualificados, como Corinthians, Atlético-MG e Palmeiras, que vão brigar pelo título. Numa desatenção acontece um gol adversário e desestabiliza toda a equipe, que estaria encaixada. Falta ter um pouco mais de atenção para não tomarmos os gols dos últimos jogos”, afirma o zagueiro, que reforça este pensamento a respeito dos últimos confrontos.

 

“Sabemos que o Campeonato Brasileiro é uma competição muito difícil. Sabemos também que há elencos muito qualificados, que possuem uma estrutura boa. Nos últimos quatro jogos pegamos os quatro primeiros do campeonato. É um nível de dificuldade maior. Temos que trabalhar em cima disso.: precisamos sempre melhorar e ter um pouco mais de tranquilidade, aliada ao trabalho que fizemos na semana, para que já voltemos do Sul com vitória”, diz.

 

Pablo acredita que o time tem sido ainda mais estudado pelos adversários, mas diz que não se deve jogar fora o que foi feito até o momento por conta de maus resultados. “A Ponte ficou em uma evidência muito grande nos primeiros jogos. Fizemos o começo de campeonato muito bom, então é natural que os outros clubes estudem nosso time. Cabe ao Guto observar isso bem e decidir se deve mudar esquema ou fazer algo diferente. Mas sabemos que no esquema atual fizemos bons jogos e perdemos jogos em detalhes”, afirma.

 

O defensor mostra confiança no grupo. “Sabemos que, da mesma fora que fizemos os primeiros jogos de forma perfeita, podemos voltar a fazer gols e vencer. Ninguém nega que ficamos abaixo do esperado, mas é buscar essa perfeição novamente e retomar as vitórias”, ressalta Pablo, que completa falando o que espera do rival de domingo, o Joinville.

 

“Eu não vejo como revanche em relação ao ano passado, até porque não estava naquele jogo e mesmo quem estava não pensa assim. Será um jogo dificílimo, como todos fora de casa. O Joinville vem de uma sequência não tão boa e está em último, precisa vencer em casa se quiser iniciar uma recuperação, então será uma guerra. Um jogo complicado de um time que está brigando para não cair e outro que busca se manter.”

 

 

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS