Não há partidas disponíveis.

Não há partidas disponíveis.

Pablo Dyego avalia retorno após quatro meses e projeta duelo contra o Ituano: “Toda partida é uma decisão”

A Ponte Preta teve o retorno na rodada passada contra o Atlético Goianiense, do atacante Pablo Dyego, após estar afastado desde junho por conta de tratamento no joelho direito. O jogador entrou no segundo tempo da partida e atuou os 45 minutos finais do jogo disputado no último domingo (15). O atleta comentou a volta aos gramados, e da satisfação em estar novamente à disposição de forma gradativa.

“Eu acho que nesse tempo eu estive muito ansioso. Ainda mais com a lesão que eu tive. Estava pensando em recuperar logo durante esse tempo todo, mas é uma sensação maravilhosa. Entrar dentro de campo e poder estar jogando uma partida novamente é o que me deixa muito feliz. É o que eu sempre quis durante esses quatro meses. Poder voltar a jogar”, afirma Pablo, que reforça.

“Estava vindo de uma batida boa, com bons jogos. A gente sabe que nenhum jogador quer passar por essa situação, a gente quer mesmo estar dentro do campo ajudando a nossa equipe, os nossos companheiros, o clube que a gente defende. Então, para mim, eu fico muito feliz em poder estar voltando agora e se Deus quiser eu vou poder ajudar o time a sair dessa situação”, enfatiza.

O atacante também destaca a importância da família nesse período de afastamento, e a reação das pessoas próximas sobre o retorno. “Muita felicidade porque, profundamente, só eles que estavam do meu lado todos os dias vendo tudo que eu passei durante esse tempo. Então foi uma alegria imensa. E a família toda feliz, querendo me ver de volta no campo e agora é dar continuidade. Como eu falei antes, se Deus quiser eu quero poder estar fazendo de novo as minhas performances que eu tive antes para poder estar ajudando a Ponte” confia Pablo.

Com números importantes em 2023, com 9 gols e 4 assistências, em 26 jogos, o atacante ressalta a importância do jogo coletivo e valoriza os companheiros de equipe.

“A gente não joga sozinho dentro do campo. Eu acho que esse sucesso todo que eu tenho tido dentro da temporada, a minha equipe tem me ajudado demais. Se não fosse a minha equipe eu talvez não poderia ter contribuído bastante. E assim como eles me ajudam, eu procuro ajudar da mesma forma também. Um ajudando o outro, um correndo pelo outro, e ali sempre que tiver a oportunidade, graças a Deus, nessa temporada eu tenho sido feliz para poder colocar a bola para dentro, ou servir um companheiro, e que é isso que vai, no final das contas, somar”, afirma Pablo, que complementa.

“Quantas vitórias nós fizemos? É um trabalho em equipe. Todo mundo sabe seu papel, mas a gente também tem que se doar um para o outro. Então eu levo basicamente isso. Eu gosto muito do trabalho em equipe, eu gosto muito de ajudar, e isso consequentemente também me ajuda a se destacar individualmente”.

Próximo desafio

O atacante também analisa o próximo duelo da Ponte, contra o Ituano, na segunda-feira (22) e como evoluir, para retomar o caminho de vitórias. “É um confronto direto. Um dos jogos jogos mais importantes da temporada. Temos que ir com muita seriedade, para conseguir um ótimo resultado. Tenho certeza que vamos construir essa vitória nessa semana de trabalho, com muita seriedade e competitividade”, diz Pablo, que finaliza. “É pensar que toda partida é uma decisão e fazer sempre o melhor como se não tivesse amanhã. Creio que teremos muito sucesso nesses últimos jogos, para tirar a Ponte dessa situação desconfortável”.

Texto: Thiago Toledo
Foto: Diego Almeida
Fonte: PontePress

Compartilhe em suas redes sociais