Com lesão reduzida durante a noite e dor sob controle, Bob recebe alta e passará semana em casa sob observação: quando vi meu pé achei que não jogaria mais este ano, mas se Deus quiser em três meses estou de volta

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/VictorHafner

 

Boas notícias são sempre bem-vindas e, depois de muita dor e um tremendo susto no sábado, o volante Fernando Bob teve ótimas novidades neste Dia das Mães: com excelente recuperação, o jogador teve a lesão reduzida durante a noite, bem como a dor, e foi liberado para ir para a casa, onde permanecerá durante a semana sob observação.

“Tô até feliz. Eu estava triste, quando vi meu pé achei que não jogaria mais neste ano, mas agora o doutor disse que em uns três meses eu posso estar de volta. Se Deus quiser logo depois da Copa já estou bem de novo”, diz Bob, agradecendo também aos médicos e funcionários da Ponte Preta e da Santa Casa de Valinhos, onde recebeu os procedimentos de urgência no sábado.

O médico pontepretano Sérgio Rosa explica que o jogador teve uma luxação subtalar no pé esquerdo. “Em termos de lesão podemos dizer que foi mais simples do que a do Ferrugem, mas a evolução demanda muito mais cuidados, razão pela qual dizemos que os quadros dos dois atletas são de gravidade similar. Agora ele ficará uma semana na sua residência, sendo observado diariamente e depois deve ir ao estádio onde se iniciará um processo de drenagem e de fisioterapia. É fundamental um acompanhamento cuidadoso e criterioso no processo de recuperação, mas ele está tranquilo e estamos bastante otimistas”, afirma.

Fernando Bob se machucou no jogo contra o ABC, vencido por 2 a 1 pela Macaca. Depois de disputar bola aérea com um jogador adversário o jogador caiu o pé virado, o que provocou a luxação.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS