“Rei das Resenhas”, Rodinei quer estar 100% recuperado e entrosado com a equipe para a estreia no Paulistão

 

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

 

Com a saída de Alexandro, o lateral-direito Rodinei – que já era conhecido por ser brincalhão – assumiu de vez o papel de animador do grupo. Segundo o próprio jogador, agora ele é o “Rei das Resenhas”. “Eu fiquei com essa função. Tem gente que fica com a cara bem triste, meio desanimado e eu começo a zoar, chamo de feio e aí surgem as brincadeiras. Agora eu assumi esse papel. Rodinei é o Rei das Resenhas”, brinca o jogador, que reforça a importância de manter o bom humor, principalmente nesse período de concentração que os atletas estão passando.

 

“Eu que sou um cara muito elétrico, não paro de falar. O pessoal acorda cheio de sono e eu já estou zoando com todos. Ficamos longe da família nesse período, mas é importante para a sequência do campeonato, então temos que manter o bom humor”, afirma o lateral. Assim como os demais atletas, Rodinei será liberado da concentração após o treinamento desta quinta-feira (22). Para o jogador, esse período de preparação está servindo também para recuperar cada vez mais de sua contusão no joelho direito.

 

“Em alguns momentos faço alguns movimentos laterais e aí eu ainda sinto um pouco de dor. Mas até a estreia eu vou estar muito bem. O trabalho na fisioterapia está sendo muito bom e posso dizer que estou com 90% das minhas condições”, avalia. Fora do campo,ele  já mostra um entrosamento grande com os novos companheiros e vai buscar transferir essa sintonia para os gramados.

 

“Tenho procurado entrosar o mais rápido possível com o Rildo, porque ele joga do meu lado. Tanto ele quanto o Thomás, porque o Guto inverte a posição dos dois. É a mesma função que fazia com o Cafú. Procuro me entrosar o quanto antes para começar o campeonato e arrebentarmos ajudando a Ponte Preta”, confia o defensor, que quer aprimorar ainda mais para o dia primeiro de fevereiro, quando a Ponte recebe a Portuguesa.

 

 “Conversei com o Guto e o Alexandre Faganello (auxiliar técnico), sobre o posicionamento defensivo. O Tiago Alves e o Gilvan jogavam de um jeito, já o Diego Ivo e o Pablo atuam de outro. Para mim, que sou lateral e que gosto de atacar toda hora e depois voltar, fica meio complicado no posicionamento. Mas ele está certo em me cobrar, porque ele quer o melhor para a equipe e até o dia da estreia vai estar tudo alinhado”, completa.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS