Sob o comando do técnico PC, Meninas da Macaca treinam duro para estrear com vitória no Brasileiro A2, contra o Brasil de Farroupilha-RS no Moisés Lucarelli, no próximo dia 16

Publicado em: 09/05/2021


Foto:PontePress/DiegoAlmeida

A equipe feminina da Ponte Preta estreia no próximo domingo (16) no  Campeonato Brasileiro A2 e, sob o comando do técnico PC, está treinando duro para fazer bonito na competição.  As Meninas da Macaca entrarão em campo pela primeira vez na temporada às 15 horas do dia 16 de maio, no Majestoso, contra o Brasil de Farroupilha-RS. Ao todo, 36 times estão na competição e se enfrentam na primeira fase em turno único, dentro das próprias chaves. Classificam-se para a etapa posterior os dois primeiros colocados de cada chave e os quatro melhores terceiros colocados  - a Ponte está no grupo F, junto com o Brasil, América-MG, Vasco-RJ, Chapecoense e Athletico-PR.

“É um campeonato difícil, mas estamos nos preparando para entrar com tudo e fazer uma boa competição. Nosso time é jovem, mas com uma mescla de meninas que já jogaram pela Ponte com algumas que estão chegando, sempre com as mais experientes ajudando as mais novas.  Infelizmente a torcida não poderá estar presente no estádio por causa da pandemia, mas contamos com as boas vibrações de todos”, diz o técnico Paulo César Stenico, mais conhecido como PC e ele próprio um ex-jogador da equipe profissional masculina da Ponte.

As jogadoras alvinegras também acreditam em uma boa temporada.  “Nossa perspectiva é bem positiva, espero que possamos dar nosso melhor e honrar a camisa o máximo possível”, diz a goleira Vitória Camile, que já veste a camisa alvinegra há dois anos – período no qual acumula duas convocações para a Seleção Brasileira SUB20

A zagueira Camila, de 23 anos e também há dois na equipe, também acredita em um bom desempenho.  “Neste ano estamos mais maduras e treinando forte já há algum tempo. Estamos preparadas para esse primeiro jogo, no qual queremos estrear com uma vitória, e pedimos pra torcida nos apoiar, pois garra e vontade não vão faltar. Torçam pela gente”, diz.

A outra defensora titular alvinegra, Letícia, de 26 anos, endossa as palavras das companheiras. “Nosso preparo vem sendo forte, estamos trabalhando duro. Temos muitas atletas novas, com as mais experientes dando suporte, e esperamos fazer um bom trabalho, ter um time competitivo, difícil de ser batido e sempre buscando vitória”, enfatiza.

Associação Sem Chuteira Familiares e Amigos do Futebol

O futebol feminino da Macaca está sendo desenvolvido neste ano em parceria com a Associação Sem Chuteira Familiares e Amigos do Futebol, entidade sem fins lucrativos que atua desde 2012 promovendo a integração de crianças, adolescentes e jovens no futebol, com o intuito de proporcionar a sociedade um ambiente familiar, saudável e acolhedor.

“Estou no futebol feminino desde 2017 com a Associação Sem Chuteira, na qual até então fizemos com um trabalho muito forte em revelar novos talentos e distribuir pelos clubes do Brasil e exterior, tanto que temos atletas nos EUA e Portugal e, recentemente, uma de nossas meninas assinou com o Corinthians após duas ótimas temporadas no Cruzeiro”, diz Deniz Rodrigues, representante da entidade é pós graduado em futebol e futsal pela universidade Estácio de Sá..

Ele acrescenta que está muito feliz em desenvolver o trabalho com a Ponte, até mesmo por uma razão pessoal. “Nasci pontepretano, sou torcedor de arquibancada e poder representar meu clube de coração com certeza é algo muito especial. Acho importante agradecer ao Presidente Sebastião Arcanjo e à diretoria da Ponte Preta por apoiar a modalidade do futebol feminino, e ao coordenador da base, Odair Batistela Junior, que nos deu esse voto de confiança”, diz.

Elenco

Do total de atletas do elenco feminino, nove atletas são remanescentes da temporada passada e outras 11 são novas na equipe – mais quatro, em fase final de seleção, devem se juntar ao grupo. Confira:

Goleiras: Vitória, Ana Carolina

Zagueiras: Camila, Letícia e Toró

Laterais: Bruninha, Thais e Clara

Volantes: Lili, Rachel e Cic (Aline)

Meias  - Maria Clara,  Tatha, Mari e Jenifer

Atacante s: Maynara, Tayane, Mayara, Fernanda e Maisa

 


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais