Ponte treina de olho no confronto de quarta e Fábio Moreno destaca que será preciso luta, hombridade e entrega para vencer o dérbi

Publicado em: 03/05/2021


Foto:PontePress/DiegoAlmeida

A Ponte Preta treinou firme nesta segunda (3), de olho no dérbi 199 na noite desta quarta, quando só a vitória interessa. O técnico Fábio Moreno sabe que o desafio é grande, mas quer manter a própria invencibilidade no clássico – ele tem uma vitória e um empate comandando a Macaca nos confrontos – e, mais ainda, quer manter vivas as chances de classificação (com a conclusão da última rodada, a Ponte ficou a cinco pontos da Ferroviária e precisa vencer os dois últimos jogos e torcer para o time de Araraquara perder).

“Nossa fase não está boa e isso é nítido, mas analisando friamente o último jogo vemos a entrega, a luta para dar o retorno que nós temos que dar, de um bom resultado. Ontem não foi o que a gente esperava, pagamos preço por tomar gol cedo, ficar com uma menos e ainda fomos punidos com um pênalti polêmico após o fim da partida. Mas o saldo é a luta , a hombridade em honrar as cores da Ponte. Se na quarta tiver essa luta, essa entrega, a vitória virá no dérbi e é isso o que esperamos”, pontua o treinador.

Impossibilitado de estar no banco no confronto por ter sido expulso na última rodada, Moreno diz que nem por isso haverá menos trabalho nem empenho. “Vou tentar ajudar ao máximo. Não poderei estar no banco, mas toda preparação vai ser em conjunto, como é de costume. Sinto muito não poder estar lutando ao lado dos atletas, até porque não teve reclamação de minha parte, só perguntei ao juiz se poderia ter sido cobrado o escanteio no qual ele marcou o pênalti após os acréscimos, ele estava exaltado e me expulsou. Lamento muito, peço desculpas e farei de tudo o que puder até o jogo para a gente conquistar o resultado”, afirma.

Com o desfalque de Yuri (que cumprirá suspensão automática), Moreno já pensa nas possibilidades. “O Jean Carlos está retornando da lesão. Temos solução também com o Felipe Albuquerque, que pode fazer a lateral dos dois lados ou colocar um zagueiro como fizemos no jogo passado. Vamos pensar com calma para enfrentar nosso rival e finalmente sair com os três pontos”, afirma.

Além de Jean Carlos, Renan Mota também deverá estar à disposição, assim como o atacante Moisés (que teve o novo contrato publicado no BID). Papa Faye, que já foi liberado na semana passada, também pode atuar. E Renatinho, que jogou apenas no finalzinho da última rodada, também pode voltar a campo. Por outro lado, o atacante Niltinho, internado na madrugada de segunda com dores abdominais, ainda aguarda resultado de exames para detectar a origem dos sintomas e é um provável desfalque.

Moreno enfatiza que, independentemente de quem jogue, quer empenho e atenção redobrados para vencer. “Se fosse outro adversário teríamos que pensar na vitória de qualquer jeito, porque q estamos vindo de resultados negativos, inclusive em casa. Ainda temos condição de nos classificar e precisamos vencer”, finaliza.


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais