Atacante Paulo Sérgio quer balançar as redes muitas vezes pela Macaca: “Estou muito feliz em estar aqui e espero fazer grande temporada, estou defendendo uma camisa gigante do futebol brasileiro e paulista, isso merece respeito”

Publicado em: 18/02/2021


Foto:PontePress/DiegoAlmeida

No ano passado, ele foi o segundo maior goleador do Brasil, com 23 gols na temporada. Neste ano, porém, o atacante Paulo Sérgio quer fazer ainda mais e, desta vez, com a camisa da Ponte Preta. “Estou muito feliz em estar aqui e espero fazer grande temporada. Estou defendendo uma camisa gigante do futebol brasileiro e paulista, isso merece respeito. Estou tranquilo, focado e espero representar muito bem meu novo time, que tem uma imensa torcida, uma imensa história”, diz.

A força da Ponte Preta, por sinal, foi fundamental para a vinda do atleta a Campinas, como ele mesmo revela. “Para mim o fundamental foi a camisa, a torcida, a oportunidade de jogar num centro grande aqui do estado de São Paulo. Tive outras propostas, mas aceitei a da Ponte pela camisa, Agradeço à diretoria e em especial ao Alex Brasil, que se esforçou bastante para me trazer”, revela.

O atleta fala um pouco sobre as próprias características. “Sou um falso 9, me sinto mais à vontade centralizado. Não sou aquele jogador fixo, respeito, mas acho que esse tipo de 9 tem perdido referência. Tem que ser mais participativo, abrindo espaços, ajudando na marcação. Procuro sempre me movimentar, criar oportunidades, jogadas para ajudar companheiros”, afirma.

Sem ansiedade

O jogador afirma que está muito focado e não fica ansioso em relação a marcar gols pela Macaca. “As coisas acontecem naturalmente, com trabalho. Nosso técnico é muito estudioso e inteligente, junto com comissão estão desempenhando ao máximo, mostrando cada detalhe para gente evoluir. Já deu para ver que a equipe tem qualidade, a bolavai chegar ali para mim e espero estar preparado para marcar os gols”, afirma.

Ele acrescenta que vê a proposta de Fábio Moreno como a de um futebol moderno. “O Fábio é de uma nova geração, estuda muito, acrescenta mais conteúdo para gente, estuda muito o adversário e procura extrair o máximo para mostrar para a gente. Acredito que esse é o caminho certo, estamos desenvolvendo bem, evoluindo para brigarmos por coisas grandes”, destaca.

Apesar de ter tido uma última temporada muito boa, o jogador lamenta os impactos sofridos por todos por causa da pandemia. “Este último ano foi atípico, muito ruim, sem o torcedor ao nosso lado, muitas pessoas que perderam entes queridos pela Covid ou oetras doenças. Pelo lado humano acredito trouxe uma experiência para que as pessoas ajudem mais os outros, respeitem mais, entendam melhor o próximo”, diz.

Paulo Sérgio faz questão ainda de mandar um recado à torcida pontepretana: “Agradeço a todos os torcedores, podem esperar um cara competitivo, trabalhador e disciplinado que vai fazer de tudo todos os dias para dar alegria pra vocês. E Espero que essa vacina chegue logo a todos, para podermos ter de novo a torcida lotando o Majestoso. Estamos juntos com a Macaca!”

Gêmeos?

Paulo Sérgio também fala um pouco sobre as  brincadeiras em relação à semelhança física que alguns vêem entre ele e o também atacante Moisés, que ele encara com muito bom humor. “Não me acho tão parecido, mas de longe lembra, dá pra confundir. Deixo os memes pro pessoal brincar. Mas, se olhar bem, ele parece mais velho, não é à toa que chamo ele de pai”, brinca.

Moisés, por sua vez responde.  “Ele me chama de pai, diz que sou mais velho que ele, mas eu é que tenho de chamar ele de pai, porque ele é mais velho”, brinca, acrescentando: “Eu nunca tinha jogado antes com alguém semelhante do ponto de vista físico e o pessoal brinca, mas dá pra ver se o grupo está focado. Tem hora de brincadeira e tem hora de ficar sério, estamos trabalhando muito no dia a dia e estamos nesta pegada para fazer um grande campeonato.”


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais