Fabio Moreno fala sobre o dérbi 198 e destaca que Ponte não tem que ficar analisando a tabela: “Nosso foco é vencer o Cuiabá e depois disso vamos pensar no próximo jogo”

Publicado em: 06/01/2021


Foto: PontePress/ÁlvaroJr

O empate no dérbi 198, injusto na opinião do técnico Fábio Moreno, impediu que a Ponte se aproximasse o quanto gostaria do G4 – no momento, a distância da Macaca para o quarto colocado, o Juventude, é de cinco pontos. O treinador enfatiza, porém, que ficar analisando a tabela e especulando sobre chances de acesso não está entre as preocupações da Ponte: o foco da Macaca é conquistar os três pontos na próxima segunda.

“Quem especula é o pessoal de fora. Procuro trabalhar com seriedade e humildade, entender as dificuldades de cada jogo que vem pela e frente e trabalhar com muita responsabilidade. Três, quatro jogos atrás, se falava que a Ponte estava arriscada de rebaixamento, hoje falamos de acesso. Então não temos que ficar pensando nisso e, sim,  trabalhar pela vitória na rodada da próxima semana. Nosso foco é vencer o Cuiabá e, depois disso, vamos pensar no próximo jogo”, diz Moreno.

Para o comandante alvinegro, o resultado contra o Guarani ontem foi injusto. “As equipes fizeram uma boa partida do ponto de vista tático. Nós analisamos os pontos fortes deles antes, criamos a estratégia e a executamos muito bem. Pena que não conseguimos matar, pois ainda que eles tenham tido mais volume deles, tivemos as bolas do jogo, o Bruno teve uma chance, o Veras teve duas”, relembra.

Ele complementa dizendo que o planejamento antes da partida foi consciente. “Sabíamos que teríamos de correr dobrado porque o Guarani faz movimentações que nos propiciavam os espaços e que teríamos os contrataques. Tudo isso foi pensado e treinado. Sabíamos que eles iam cair de performance no segundo tempo  e as bolas iam cair nos nossos pés, mas não contávamos com a não finalizar com precisão e matar o jogo. O rival teve maior volume de jogo e nós tivemos as bolas mais perigosas, isso era estratégia nossa, o jogo deveria ter tido a Ponte como vencedora”, defende.

Moreno conclui:  “Não saímos satisfeitos como empate, apesar de ter sido na casa do adversário, de terem dito antes do jogo que não teríamos chance alguma  e o que ocorreu foi outro cenário. Tivemos uma equipe que batalha bastante, a cara da Ponte, lutando até o final, se dedicando ao máximo e é assim que deve ser para honrar nossa torcida. Podíamos ter saído com um resultado melhor , com certeza, mas o empate em si mantém tudo em aberto.”


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais