Camisa 1 em boas mãos! Ygor Vinhas lamenta ausência de Ivan, mas assume a responsabilidade da meta alvinegra: “Expectativa é a gente manter uma boa regularidade, fazer um bom segundo turno e conquistar o acesso”

Publicado em: 06/11/2020


Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Nos nove meses que ficou sem defender o gol alvinegro, o goleiro Ygor Vinhas agiu com tanta dedicação e empenho como se, efetivamente, estivesse atuando. Alçado à titularidade em virtude de uma cirurgia de punho pela qual Ivan Quaresma precisou passar, o arqueiro lamenta a situação do parceiro, mas não foge à luta nem à obrigação de mostrar ao torcedor que a camisa 1 está em boas mãos.

“Estou feliz por voltar a jogar e sei que substituir o Ivan é sempre uma grande responsabilidade. Vou ter uma sequência maior, que é o que eu sempre procurei, mas Infelizmente por causa de uma lesão do Ivan, que é uma situação pela qual ficamos tristes, não é o que a gente espera para um companheiro. A expectativa agora é a gente manter uma boa regularidade, fazer um bom segundo turno para, no final, podermos alcançar nosso objetivo, que é o acesso”, diz.

No primeiro jogo no lugar do amigo, Ygor foi bem. Fez boas defesas, que ajudaram o time a sair com a vitória, e até teve uma participação mais efetiva no primeiro gol alvinegro, mandando uma bola precisa para Bruno Rodrigues conduzir e mandar para Pato jogar pra dentro das redes. Agora, o novo dono da  pequena área se prepara para fazer ainda mais contra o próximo adversário da Macaca, o América-MG, no primeiro jogo do returno, às 18h30 de sábado (7).

“Esperamos uma partida difícil, contra uma equipe qualificada. Já jogamos três vezes contra eles e temos que levar como aprendizado os resultados negativos que tivemos anteriormente, corrigir o que fizemos de errado. Nosso elenco é de qualidade e temos tudo para ir lá e sair com uma vitória”, afirma.

Ele complementa: “Independente da situação do adversário na tabela, todo jogo é sempre difícil, série B é muito equilibrada. A gente ainda não venceu os times da frente, temos que melhorar nesse quesito e estou certo que vamos corrigir para fazer um segundo turno diferente do primeiro e ganhar confrontos que, com certeza, vão fazer a diferença para gente ter o acesso lá na frente.”

Confiança e trabalho

A última partida de Ygor Vinhas como titular antes da 19ª rodada da série B foi em 13 de fevereiro, quando a Ponte venceu o Novo Hamburgo por 2 a 1, pela Copa do Brasil. Na época,  Ivan estava a serviço da Seleção Olímpica. “Fiquei nove meses sem atuar, mas procurei me manter focado e me preparando para que, quando tivesse uma nova oportunidade , ter retorno positivo”, diz.

De fato, quando veio a oportunidade, ele estava pronto para servir a Macaca. E a preparação para o jogo em si, conta, foi de forma tranquila. “Eu me preparei da mesma forma que sempre me preparei anteriormente. Procurei ficar tranquilo, me preparar fisicamente, tecnicamente, psicologicamente também. O Betão faz um trabalho excelente com a gente nessa parte, para entrarmos nos jogos e ter sempre um retorno positivo.”

Outro elemento importante, acrescenta, é a crença do torcedor na capacidade dele como goleiro. “A confiança da torcida nos deixa mais tranqüilos para fazer o trabalho e seguir firme na sequência”, conclui.

 


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais