Coronavírus: com quarentena estadual declarada, Ivan aconselha: fique em casa! Ponte reitera medidas de isolamento a funcionários e colaboradores, e tranqüiliza em relação a salários

Publicado em: 21/03/2020


O governador João Dória declarou na tarde deste sábado (21) que o Estado de São Paulo entrará em quarentena a partir da próxima terça (24), de maneira a reduzir a contaminação do Coronavírus (Covid-19). Com isso, todo o comércio a atividades deverão ser fechadas, a exceção de supermercados, padarias, farmácias, bancos, segurança, indústrias e construção civil – estas atividades, porém, deverão funcionar respeitando todos os cuidados para evitar a disseminação da infecção.

As pessoas, portanto, devem dar preferência máxima a ficar em casa, saindo apenas em casos extremamente necessários. “Nesse momento é importante a gente ficar isolado e só sair se for absolutamente  necessário”, alerta o goleiro Ivan (veja vídeo abaixo). Assim como os demais jogadores da Macaca, o camisa 1 foi dispensado por tempo indeterminado com orientação de permanecer o máximo possível na própria residência, bem como uma planilha de atividades físicas individuais para manter a forma. O goleiro pontepretano – e da Seleção Brasileira de Tite – está seguindo tudo à risca.

 

No meio da semana, imagens de alguns atletas treinando juntos chegaram a circular em redes sociais. A Ponte Preta contatou os jogadores e os advertiu sobre riscos desnecessários que não podem ser corridos neste momento, reforçando que eles devem seguir às orientações das autoridades de saúde que já haviam sido destacadas pelo diretor médico Roberto Nishimura.

Funcionários e colaboradores

A Associação Atlética Ponte Preta está reforçando a todos os funcionários e colaboradores a necessidade de seguir as orientações das autoridades sanitárias e ficar em casa todo o tempo possível. A maioria absoluta dos funcionários alvinegros já está há cerca de uma semana trabalhando em sistema de Home Office e, no caso de eventuais funcionários que precisam estar no estádio ou na unidade Paineiras (que estão fechados) , todas as medidas de distância e prevenção estão sendo tomadas.

Todos os salários de funcionários e colaboradores também estão em dia e a Diretoria Executiva continuará a cumprir com as obrigações trabalhistas de acordo com o estabelecido e permitido por lei. O mais importante neste momento é que as vidas de todos sejam salvaguardadas, razão pela qual a Macaca apela a todos - pontepretanos ou não – que ouçam as orientações das autoridades e façam o melhor possível para cumpri-las a risco.  

Atletas e competição

Ainda ontem o presidente pontepretano Sebastião Arcanjo conversou por teleconferência com presidentes de clubes do país inteiro para debaterem propostas sobre as questões contratuais dos jogadores, uma vez que não há previsão de retorno para as competições (Paulistão e Copa do Brasil) nem início do Brasileirão. Diversas propostas foram discutidas e avaliadas, como, por exemplo, a possibilidade de férias coletivas.

Tais propostas estão sendo avaliadas e serão discutidas na próxima semana, inclusive com autoridades  governamentais. Assim que houver definição a respeito, a Ponte Preta bem como demais times e as entidades promotoras do Futebol brasileiro deverão se manifestar.


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais