Interino Fábio Moreno vê garra e boa produção do elenco no segundo tempo, mas admite: “Interrompemos a série de resultados negativos, mas foi um empate com sabor de derrota”

Publicado em: 23/02/2020


Foto:PontePress/ÁlvaroJr

O empate em1 a 1 com a Ferroviária, ontem no Majestoso, interrompeu uma sequência negativa de três derrotas no Paulistão. O técnico interino Fábio Moreno, porém, lamenta os dois pontos que não vieram em casa, em especial pela produção da Macaca – que chutou 26 bolas a gol na partida – na etapa complementar.  “Nossa produção ofensiva no segundo tempo foi muito boa, tanto que o goleiro deles foi melhor em campo, era um jogo de ataque contra defesa. Então Interrompemos a série de resultados negativos, mas pelo nosso segundo tempo acabou sendo um empate com sabor de derrota”, diz.

Moreno ressalta que a garra e o empenho do time foram dignos de elogio, contudo enfatiza que o gol tomado pela Ponte no primeiro tempo não poderia ter ocorrido, e acabou impactando fortemente sobre o time ainda na etapa inicial. “O gol saiu de uma desatenção pontual no primeiro tempo, isso foi cobrado internamente e eles também se cobram bastante: parece que é mais fácil fazer gol na gente do que a gente fazer no adversário”, lamenta.

Neste sentido, o treinador interino enfatiza que os resultados ruins anteriores entraram na cabeça dos atletas e é preciso trabalhar para que isso não ocorra. “A ansiedade é nítida por causa da memória de derrota. A média de idade do nosso time é de 24 anos, temos muitos jogadores jovens, alguns disputando o primeiro paulista, aí toma o gol e vem essa memória ruim, tem que se rearranjar em campo e isso leva tempo. A gente não gosta, mas emocionalmente é o que acontece. Depois que ganharam coragem, aí o jogo fluiu, mas enquanto se deixa dominar pela pressão fica tudo mais difícil”, analisa.

Fábio Moreno conclui: “Não tive muito tempo para fazer alterações táticas, eu queria que eles tivessem mais gana do que já vinham tendo e acho que tivemos um segundo tempo muito mais forte que o primeiro, na  base da força de vontade e coragem fomos mais produtivos. Então interrompemos a  sequência de derrotas com um empate, o que é bom, mas nós queríamos a vitória, até para que o ambiente ficasse mais leve. Então ficamos frustrados por ter perdido dois pontos aqui em casa, mas é preciso reforçar que no também houve mérito do adversário, já que o goleiro não deixou nada entrar.”


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais