Macaca está em contagem regressiva para reiniciar o Brasileiro; Jorginho ressalta preparação do elenco e quer time ainda mais focado no restante da competição

Publicado em: 08/07/2019


 

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Em contagem regressiva para o reinício do Brasileiro da série B, na noite da sexta-feira (12) contra o Oeste, a Macaca faz nesta semana os últimos treinos visando ao confronto. O técnico Jorginho utilizou a parada da Copa América da melhor maneira possível. Neste período foi feito não apenas um reforço na parte física, mas - desde o primeiro dia - ajustes técnicos, além de trabalhos táticos. O comandante da Ponte avalia como positivo todo o processo de preparação.

“Está sendo bem proveitoso. Era importante essa parada, até mesmo porque eu cheguei já com as coisas andando no Campeonato Paulista. Então demos o descanso necessário aos jogadores e ainda estou tendo esse tempo necessário para que possamos ter uma estrutura melhor, dentro do que acredito para essa equipe. Claro que no Paulista, e até mesmo nesse início de Brasileiro, conseguimos organizar bem. Mas é muito melhor fazer com que todos os jogadores conheçam a metodologia de trabalho, o sistema de jogo que queremos que a equipe jogue. Está sendo muito proveitoso”, analisa.

O treinador valoriza o grupo. “O que foi muito legal é que os jogadores chegaram aqui em uma condição muito boa e isso adiantou o nosso processo, dentro dessa intertemporada. No primeiro dia já colocamos bola, agora fizemos jogos-treinos, e foi importante para vermos as movimentações, que foram ótimas dentro daquilo que estamos propondo nos treinamentos. Vamos chegar em uma condição muito boa contra o Oeste”, acredita Jorginho.

O treinador rechaça a ideia de que o time pode cair de rendimento, por conta da pausa na competição. “Todos pararam, tiveram descanso - que era necessário nesse momento, por conta da Copa América – então pudemos reorganizar coisas importantes e vamos entrar muito focados. Estão todos muito ligados e chamei a atenção dos atletas, justamente em cima disso. Não podemos ver uma parada como um problema, mas como uma solução para nós. Recebemos jogadores de fora, que agora estão entendendo nosso trabalho”, explica o técnico pontepretano, que fala ainda sobre a sequência de jogos do mês de julho e a importância de pontuar, já no primeiro duelo, em casa.

“Temos que trazer novamente a torcida, para estarem junto da gente. Eles entendem e participam. Ainda não tivemos um estádio lotado, mas espero que seja nos próximos dois jogos. Que nós consigamos um bom resultado. Sabemos o quanto é difícil, porque a equipe do Oeste é bastante organizada, mas temos todas as possibilidades de vencer. A sequência de partidas, principalmente com um bom resultado, logo no primeiro jogo, será fundamental nas nossas pretensões daqui para frente. Temos que estar muito próximos. Estamos no G4, mas agora, principalmente até o final do primeiro turno, alguns vão se desgarrar do grupão e é importante nós estarmos nesses “alguns”, completa.


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais