De virada, Ponte vence o Londrina por 3 a 1 com gols de Matheus Vargas, Renan e Marquinhos, chega a sete jogos de invencibilidade e dorme no G4

Publicado em: 10/06/2019


Foto:PontePress/ThiagoToledo

Quem não acompanhou a partida pode até achar que foi um repeteco do jogo contra o Cuiabá: mais um vez jogando fora de casa, a Ponte Preta levou o primeiro gol, mas venceu de virada pelo placar de 3 a 1. O oponente desta noite, porém,  foi o terceiro colocado Londrina, que até então tinha 100% de aproveitamento no Estádio do Café e sequer gol havia tomado em suas dependências.

Matheus Vargas, Renan Fonseca e Marquinhos, porém, mudaram esta escrita. Com o resultado, a Macaca chegou aos 15 pontos e dorme na quarta posição. O time do técnico Jorginho só não permanecerá na quarta posição se o Sport, que tem 12 pontos, vencer por diferença de mais de dois ou mais gols o CRB às 21h30 de amanhã. Com a parada da Copa América, a Ponte só volta a campo agora no final de semana de 13 de julho, contra o Oeste no Majestoso.

O jogo

A Ponte Preta já começou indo pra cima, logo no primeiro minuto, com Matheus Vargas recebendo bom passe pelo meio, mas sem conseguir concluir.  No minuto seguinte, Roger fez  passe em profundidade para  Vargas, que tentou ganhar de Marcondes na corrida, mas o juiz marcou falta de ataque.

Aos cinco, jogada com estilo de Abner, que  passou a bola no meio das pernas de Raí Ramos, mas foi travado pela zaga no cruzamento. Aos nove, Arnaldo entrou na área em velocidade e a zaga cortou, mas Matheus Vargas pegou a sobra. O meia cruzou para Roger, mas a bola pegou muita força e saiu.

Aos 14, Marquinhos dominou na área, mas o Londrina antecipou a jogada e cortou. Na sobra, Gerson Magrão mandou para a área, mas Matheus Albino defendeu. Aos 15, um erro crasso do juiz prejudicou a Ponte Preta. Em contra-ataque rápido, Roger fez o passe para Marquinhos e o árbitro marcou impedimento, mas o atacante da Ponte estava atrás da linha do meio-campo quando recebeu a bola, ou seja, a posição era legal.

A Ponte continuou sufocando e aos 19, em bela troca de passes, Matheus Vargas, em noite inspirada, fez o corta-luz, recebeu de Roger na área e bateu cruzado: a bola foi para as redes, mas pelo lado de fora. Apesar do bom momento da Ponte, quem marcou o primeiro foi o Londrina, de maneira polêmica. Aos  21,Arthur Caculé cobrou o escanteio na primeira trave e Matheus Bertotto subiu entre os defensores para mandar para rede, porém no lance Bertoto deu falta em Roger, não marcada pela arbitragem.

Mas a Ponte não esmoreceu nem deu tempo ao Londrina para comemorar. Aos 23, Matheus Vargas saiu pelo meio, passou por Bertotto e mandou um torpedo de fora da área, sem chances para o goleiro. Golaço da Macaca e tudo igual no placar. Três minutos depois, Gerson Magrão mandou em profundidade para Camilo, mas o goleiro adversário ficou com a bola.   

Aos 28, depois de boa troca de passes pela esquerda, Abner chegou ao campo adversário e fez bom cruzamento, desviado para escanteio. Na cobrança de Matheus Vargas, Renan Fonseca cabeceou e mandou a bola  rente à trave. Aos 33, Marquinhos recebeu na entrada da área e mandou para o gol. A bola mais uma vez passou raspando, assustando o goleiro Matheus Albino. Aos 40, Arnaldo desceu e passou para Camilo, que fez bom cruzamento para Roger, mas Marcondes se esticou inteiro e cortou o lance.

Mas a Ponte queria a virada ainda no primeiro do tempo e de tanto insistir ela veio. Aos 47, Camilo mandou uma bomba de fora da área e o goleiro adversário defendeu mandando para fora.  Na cobrança de escanteio, Airton desviou de cabeça e a bola bateu na trave, sobrando para Renan Fonseca, que mandou pro fundo do gol. Ponte Preta 2 x 1 Londrina.

No segundo tempo, a Ponte teve a primeira boa chance aos quatro minutos. Matheus Vargas tentou cruzamento, a bola desviou em Felipe Vieira e saiu. Na cobrança de escanteio, Magrão mandou para a área e a zaga cortou na primeira trave. Aos oito, a Macaca marcou o terceiro: Matheus Vargas puxou contra-ataque, passou por Bertotto, e mandou a bola para Roger. O camisa 9 tocou com classe e deixou a bola para Marquinhos, que  deixou o dele no fundo das redes: 3 A 1.

Aos 13, Matheus Vargas entrou na área em disputa com Augusto e foi ao chão, mas o árbitro não marcou nada. A Ponte seguiu pressionando até os 18, quando o Londrina também começou a pressionar por mais um. A defesa alvinegra, porém, seguia firme e impedia os avanços do adversário. O lance mais agufo ocorreu aos 30 minutos: Paulinho Moccelin desceu em velocidade pela direita, entrou na área e chutou. A bola desviou perigosamente para o gol da Macaca, mas Ygor espalmou para fora.

Aos 36, Gerson Magrão arriscou da entrada da área, chutando forte e carimbando Felipe Vieira.  Aos 41, falta para o Londrina e, na cobrança, Anderson Oliveira mandou para a área, mas Edson cortou. No lance seguinte, em bola cruzada na área, Ygor disputou com Augusto no alto e Safira tentou tocar a bola para o gol já perto da trave, mas usou o braço. Falta anotada pela arbitragem e cartão vermelho para Safira.

Aos 43, a Ponte teve a última chance do jogo e quase marcou o quarto. Camilo ganhou de Augusto e tocou para Roger. O camisa 9 chutou  e Matheus Albino defendeu dando rebote, porém na sobra Roger mandou para fora. Aos 50 minutos, o juiz apitou o fim do jogo: Ponte Preta 3 x 1 Londrina.

Ficha do jogo

Ponte Preta: Ygor, Arnaldo (Diego Renan), Airton e Renan Fonseca e Abner; Edson, Camilo, Matheus Vargas e Gerson Magrão; Marquinhos (Dadá)  e Roger. Técnico: Jorginho.

Londrina: Matheus Albino, Raí Ramos, Augusto, Marcondes e Felipe; Rômulo (Anderson Leite), Matheus Bertotto, Arthur Caculé (Luidy) ePaulinho Moccelin; Alisson Safira eDiego (Anderson Oliveira). Técnico: Alemão.

 Gols: Bertotto aos 21, Matheus Vargas aos 23 e Renan Fonseca aos minutos do primeiro tempo; Marquinhos aos oito do segundo tempo.

Arbitragem: Diego Pombo Lopez, auxiliado por Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias. Quarto árbitro:Murilo Ugolini Klein.

Cartões amarelos: Airton, Ygor (Ponte), Alisson Safira (Londrina)
Carão Vermelho: Alisson Safira

Público pagante: 7.883

Público total: 9.063

Renda: R$ 94.366,00


Outras Notcias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais