Com gol de Longuine, Ponte bate Operário por 1 a 0 no Majestoso e conquista a primeira vitória no Brasileiro

Publicado em: 17/05/2019


Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Com um gol de Rafael Longuine no finalzinho do segundo tempo, a Ponte Preta conquistou a primeira vitória no Brasileiro da série B ao bater o Operário por 1 a 0. Com o resultado obtido em um jogo disputado debaixo de chuva durante boa parte do tempo, a Macaca foi a cinco pontos e dorme na décima posição.  A Macaca volta a campo às 16h30 do próximo sábado (25), mais uma vez no Majestoso, contra o Paraná.

O jogo

A Ponte saiu atacando e logo no primeiro mintuo Abner lançou bola para Gerson Magrão pela esquerda, mas a bola acabou ficando fora do alcance do jogador pontepretano. Aos 3, Henrique Trevisan jogou bola a na área para Facundo Batista, que fez belo giro, mas o chute saiu fraco e o goleiro adversário segurou. Aos cinco, mais uma vez Abner mandou para Magrão, que fez cruzamento na área, mas a defesa afastou.

Aos 13, Matheus Vargas recebeu bola na entrada da área, ganhou da marcação e chutou bem, mas  Simão espalmou. No minuto seguinte, Vargas foi derrubado perto da área e na cobrança o arqueiro adversário segurou. Aos 18, Arnaldo é passou para Matheus Oliveira, mas o atacante da Ponte foi desarmado.

Aos 22, Facundo Batista recebeu boa bola de Abner, mas o árbitro marcou impedimento do uruguaio. Quatro minutos depois, Abner cruzou para Facundo Batista dentro da área, mas a zaga adversária cortou. Aos 32, Ivan fez boa defesa em chute do oponente. Aos 33, o time adversário chutou bola rente à trave.

Aos 38, Gerson Magrão deu passe pelo alto e Matheus Vargas se esticou para alcançar a bola, mas não conseguiu. Aos 41, Gerson Magrão fez bom lance pela esquerda com  Abner, mas o lateral pontepretano foi travado quando ia cruzar a bola. No minuto seguinte,  Edson fez boa jogada individual, passou pela marcação e chutou, mas a bola subiu muito e foi para fora. Na sequência, na última boachance da Macaca na etapa inicial, Trevisan fez belo lance e jogou para Facundo Batista, que mandou certeiro para o gol, mas o camisa 1 adversário fez ótima defesa.

Com duas substituições no intervalo – promovendo a estréia de Marcondele e Longuine – a Ponte voltou mais forte e o Operário abusou das faltas. Em dois minutos,  o time de Ponta Grossa fez três faltas para parar jogadas da Macaca. Na última delas, Marcelo levou cartão amarelo após atingir Édson. Aos quatro, Ivan fez belíssima defesa impedindo gol do adversário. Aos oito, mais uma vez o goleiro alvinegro mostrou porque foi convocado para a Seleção Pré-Olímpica. Marcelo  deu uma bomba e Ivan salvou, na sequência Batata chutou na trave, mas o juiz já marcava impedimento.

Aos 11, Rafael Longuine fez belo lançamento para Abner, mas a defesa adversária interrompeu a jogada. Aos 16, Longuine chutou da entrada da área, a bola bateu na zaga e sobrou para Matheus Vargas, que não conseguiu finalizar.  Aos 23, Marcondele faz ela jogada dentro da área e cruzou com perfeição na  segunda trave, para Gerson Magrão.  O pontepretano foi deslocado por Índio, que se chocou contra a trave.

Aos 25, boa jogada de Longuine e Marcondele, que chutou para o gol. Na sobra, Arnaldo bateu colocado, mas não conseguiu abrir o placar. Aos 30, Camilo arriscou de longe, mas foi travado. O pontepretano conseguiu pegar a sobra e mandou para Facundo Batista, mas a defesa adversária cortou. Dois minutos depois, Facundo recebeu de Longuine, de costas para a marcação, e foi travado quando girou, com a bola saindo para escanteio. Longuine bateu na primeira trave e a zaga cortou.

Aos 37  Uilliam bateu de longe e Ivan espalmou. Aos 40, Marcondele escapou em velocidade, mas não conseguiu finalizar. Três minutos depois, Marcondele fez bom passe para Longuine, dentro da área. O meia bateu cruzado e o goleiro adversário espalmou, mas o juiz já apitava impedimento.

Aos 45 saiu o gol da primeira vitória alvinegra. Camilo fez cruzamento na área, a bola bateu na trave e Rafael Longuine, em noite de estréia, pegou o rebote e mandou para o gol sem chances para o arqueiro adversário. O juiz ainda eu mais quatro minutos de partida, mas ninguém mexeu mais no placar:Ponte 1 x 0 Operário.

Ficha do jogo

Ponte Preta: Ivan, Arnaldo, Renan Fonseca, Henrique Trevisan (Marcondele) , Airton e Abner; Edson, Gerson Magrão, Matheus Oliveira (Rafael Longuine)e Matheus Vargas (Camilo); Facundo Batista. Técnico: Jorginho

Operário: Simão, Danilo Baia, Alisson, Juan Sosa e Peixoto (Allan Vieira);  Chicão, Índio (Revson), Marcelo (Uilliam) e Rafael Chorão;  Felipe Augusto e Bruno Batata. Técnico: Gerson Gusmão.

Gol: Rafael Longuine, aos 45 do segundo tempo

Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral. Auxiliares: Michael Stanislau e André da Silva Bitencourt. Quarto árbitro:  Rodrigo Gomes Paes Domingues.

Cartões amarelos: Marcelo, Índio, Alison; Airton, Rafel Longuine

Público: 1703

Renda: R$ 18.600,00
 

 


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais