De volta após recuperação de lesão, Matheus Vargas celebra permanência na Ponte e afirma: “Vim para marcar meu nome na história. Para fazer um grande campeonato na Série B e dar um título para a Ponte”

Publicado em: 25/04/2019


Foto:PontePress/ÁlvaroJr

O meia Matheus Vargas esteve fora do grupo da Ponte Preta por conta de lesão muscular na coxa o tirou das partidas da reta final do Paulistão e do Troféu do Interior, mas após período de recuperação o jogador está novamente à disposição do técnico Jorginho. “Voltei após um mês parado e agora é buscar meu espaço novamente no dia a dia, para estrear como titular na Série B”, enfatiza o atleta, que nesse período ainda estava envolto de renovação contratual com a Macaca.

“Mantive meu foco na recuperação, para começar bem a Série B. Estou pronto. Faz uma semana que estou treinando normalmente com o elenco. Graças à Deus não tive mais dores na coxa e estou 100%. É focar, para chegar ainda melhor no dia do jogo”, conta o camisa 10, que acrescenta: “Continuo na Ponte. Apareceram algumas sondagens sim, mas nada concreto. Mantive o foco na minha renovação aqui. Vim para marcar meu nome na história, para fazer um grande campeonato na Série B e dar um  título para a Ponte.”

Peça importante no esquema tático de Jorginho, Matheus Vargas valoriza o trabalho do treinador. “É nítido, desde que o Jorginho chegou, a minha evolução. Ele conversou comigo, me deu confiança, pediu para eu acreditar no meu potencial e com muito trabalho eu consegui voltar a fazer grandes partidas”, conta o jogador, que revela ainda o sentimento de gratidão que tem pelo clube.

“Sou grato pela oportunidade que tive na Ponte Preta e por isso me sinto bem aqui. Me sinto bem com meus companheiros. Me sinto em casa, confiante, com a torcida sempre apoiando. Essa relação que eu tenho com a Ponte é muito boa. Foram me buscar no Audax, depois de uma Copa Paulista, o que raramente acontece. Cheguei e consegui mostrar meu futebol, tanto ano passado, como após a chegada do Jorginho. Só me deixa mais confiante, para o início da Série B.”

O meia também destaca que a Ponte tem que brigar sempre pelas primeiras posições. “O Jorginho fala que temos que ser protagonistas em qualquer campeonato que formos entrar. Principalmente agora na Série B, em que somos um dos candidatos ao acesso. Por que não pensar em título? Isso é um foco da Ponte desde o início do clube. Quem sabe não é esse ano? Vamos trabalhar para iniciar bem na Série B e conquistar o máximo de pontos nestas oito primeiras partidas”, comenta, relembrando que após as primeiras oito rodadas haverá a parada na competição, por conta da Copa América, que será disputada no Brasil.

Sobre o duelo contra o Coritiba, o meia espera equilíbrio, mas mostra confiança.  “Sabemos que será um duelo forte, porque eles não tiveram o resultado que queriam no paranaense e vão querer mostrar nesse início a potência quem é o Coritiba. E nós temos que estar focados em chegar lá e fazer uma grande partida”, completa.


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais