Autor de um dos gols da última vitória da Ponte sobre Guarani, Reginaldo valoriza importância do clássico e afirma: “É um jogo que vai além do campeonato”

Publicado em: 15/03/2019


Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Entre os heróis pontepretanos que brilharam em derbi, o zagueiro Reginaldo desponta em um passado recente. No duelo entre os rivais Ponte e Guarani em 2018, a Macaca saiu vitoriosa na casa do adversário, pelo placar de 3 a 2, e um dos marcados foi do defensor pontepretano. O jogador recorda com satisfação o momento e quer ver o time siar novamente vitorioso, diante do arquirrival.

“Em todas as partidas que atuo, procuro mentalizar fazer o gol. Ano passado tive a oportunidade de marcar meu primeiro com a Ponte e em um dérbi. Espero se Deus quiser ter a mesma oportunidade, com bom posicionamento, fazer um gol e sair vitorioso. Às vezes o jogador marca um gol e a equipe não sai vitoriosa, uma situação chata, então sempre temos o discurso, real, de que trocaria o gol pela vitória. Mas espero que venha os dois juntos: gol e vitória”, afirma o atleta, que destaca: “Vale muito mais (fazer gol em dérbi). Pela história que tem. Olhar para a arquibancada e ver os torcedores felizes, não tem preço.”

Reginaldo valoriza a importância do confronto contra o Guarani. “Sem sombra de dúvidas, desde segunda-feira estamos mentalizando esse jogo, que é muito importante para nós e para os torcedores também. É um jogo que vai além do campeonato. Um jogo à parte, que move a cidade e estamos bem centrados nesses pontos. Esperamos fazer uma grande partida”, comenta.

O zagueiro fala ainda sobre os atletas contratados para essa temporada e que ainda não vivenciaram a atmosfera do dérbi campineiro. “Os jogadores que chegaram não tiveram a oportunidade, mas disputaram outros clássicos em outros clubes. A concentração tem que estar em um nível acima do normal, porque é um jogo diferente de se jogar. A rivalidade é muito grande entre as equipes. É um clássico e independentemente da situação de ambos os times, o jogo é resolvido em detalhes. Temos que estar bem concentrados.”

O jogador que prossegue e destaca que é preciso foco e concentração totais, pois não existe favoritismo e a responsabilidade de Macaca, por jogar em caa, é dobrada. “Com essa partida, do tamanho e grandeza que é, temos que esquecer qualquer ideia de favoritismo e respeitar a equipe do Guarani. Mas aqui dentro do Majestoso, vamos buscar o máximo sair com a vitória”, reforça.

Reginaldo também comenta a situação da Ponte na tabela de classificação. Com 16 pontos, a Macaca está em uma boa colocação no geral, mas é terceira no Grupo A, cinco pontos atrás do Red Bull Brasil, que atua nesta noite de sexta-feira (15), contra o São Bento, também no Majestoso. “Com nossa pontuação, analisando outros grupos, poderíamos estar em primeiro ou em segundo lugar. Mas não estamos. Tivemos pontos perdidos que fazem falta. Ainda tem uma mínima chance de classificação, mas temos que fazer a nossa parte e depois veremos o resto”

 

 


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais