Com belos gols de Thalles e Nathan, Ponte supera o São Bento por 2 a 1 e vence a primeira fora de casa

Publicado em: 10/03/2019


 

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Jogando em Sorocaba, a Ponte Preta venceu o São Bento por 2 a 1 na noite deste domingo e manteve vivas as chances de classificação para a próxima fase do Paulista. Foi a primeira vitória da Macaca fora de casa, garantida por dois belos gols, de Thalles no primeiro tempo e de Nathan, na segunda etapa. Com o resultado, a Ponte emendou duas vitórias seguidas e chegou aos 16 pontos, cinco atrás do segundo colocado Red Bull. O foco da Ponte agora é conquistar mais três pontos no próximo sábado, dia de dérbi campineiro no Majestoso, com torcida única da Macaca.

O jogo

A Ponte foi pra cima logo no primeiro minuto de jogo e Nathan teve boa chance entrando na área, mas foi bloqueado pela defesa. Aos sete, bom lance de Hugo Cabral, que mandou uma bomba para o gol adversário. Henan espalmou e Thalles aproveitou a sobra, mas o ábitro marcou impedimento.

Dois minutos depois, Matheus Vargas recebeu a bola na grande área, fez o giro e bateu colocado, mas o arqueiro adversário segurou. Aos 16, Ygor Vinhas fez a primeira participação dele no jogo, defendendo com segurança um chute de Mansur.

Aos 20, Arnaldo disparou em alta velocidade, se livrou da defesa do São Bento e arriscou de longe, mas o goleiro Henal defendeu em dois tempos. Cinco minutos depois, Gerson Magrão recebeu limpo de Arnaldo no meio da área e chutou com categoria, no ângulo, mas Henal salvou à queima-roupa e mandou a bola para escanteio.

Aos 39, Thalles fez um golaço, abrindo o placar para a Macaca. O camisa 9 aproveitou uma bomba de Matheus Vargas que explodiu na trave do São Bento e voltou nos pés do centroavante, que não perdoou e mandou pro fundo da rede. Foi o terceiro gol dele na competição.

No segundo tempo,ciente de que a derrota selaria o rebaixamento para a A2,  o São Bento entrou pilhado e achou o gol no primeiro minuto. Após cobrança de escanteio, Cafu empatou a partida em Sorocaba.

Aos 13, Matheus Oliveira abriu espaço na entrada da área e soltou a bomba. A bola passou raspando a trave de Henal. Aos 17, a Ponte virou numa pintura de Nathan, que pegou a bola na intermediária e mandou um canhão para o gol: 2 a 1. No minuto seguinte, Thalles fez bom lançamento para  Hugo Cabral, que disparou para o campo adversária. Na sequência, o atacante tentou retornar para Thalles, mas a defesa do São Bento cortou para escanteio.

Aos 28, Matheus Vargas chutou rasteiro e cruzado: a bola passou tirando a tinta da trave de Henal. Aos 35, Ygor Vinhas defendeu bola de Eder Luís, que sobrou livre na área, mas acabou chutada para fora. Nos minutos finais,a Ponte apertou a marcação e jogou de forma compacta, enquanto o São Bento tentava desesperadamente empatar. Contudo, mesmo com os quatro minutos de acréscimo dados pelo árbitro, ninguém mais mecheu no placar.

Ficha do jogo

Ponte Preta – Ygor Vinhas, Arnaldo (Tiago Real), Reginaldo, Renan Fonseca e Diego Renan; Nathan, Gerson Magrão, Matheus Oliveira (Giovanni) e Matheus Vargas; Thalles e Hugo Cabral (Matheus Alexandre). Técnico Jorginho.

São Bento – Henan, Edson Ratinho, Wesley, Luizão e Mansur; Fábio Bahia, Alex Maranhão e Mazolla; Paulo Henrique (Pablo), Alecsandro (Henan) e Eder Luís. Técnico: Silas.

Gols:

Arbitro: Flávio Rodrigues de Souza

Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo. Quarto árbitro: Alessandro Darcie.

Cartões amarelos: Matheus Oliveira  (Ponte); Alex Maranhão, Paulo Henrique e Luizão (São Bento);

Renda e público: não divulgados até o fechamento desta matéria

Local: Estádio Walter Ribeiro, Sorocaba.


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais