Craques dentro e fora do campo: Felipe Loureiro e Marcelinho Paulista falam sobre o trabalho que querem fazer na Ponte

Publicado em: 07/02/2019


Foto:PontePress/LuizGuilhermeMartins

Como jogadores, eles deram o sangue em campo, foram ídolos, vestiram a camisa da Seleção Brasileira. Fora de campo, Felipe Jorge Loureiro e Marcelinho Paulista acabam de vestir a camisa pontepretana como gerente de futebol profissional e supervisor da Base. “Estamos chegando muito motivados, agradecemos ao torcedor pela recepção e a oportunidade de trabalhar. Queremos botar em prática o que conhecemos no futebol”, diz o “maestro” Felipe.

Com uma carreira longa nos campos, em especial pelo Vasco da Gama (onde jogou mais de 350 jogos), Felipe conta quais serão suas funções na Macaca .“Em termos de escolha de jogadores, sereu mais um para ajudar: vou opinar, avaliar tecnicamente, mas não vou participar de negociações de valores, não é o meu perfil. Minha função principal, porém, é dar o suporte necessário aos jogadores com a experiência de vestiário para deixar os caras tranquilos, confiantes. Então darei suporte ao Marcelo Barbarotti, que ficará mais focado na parte administrativa, mas serei o responsável pela parte técnica, fazendo o elo da diretoria com os jogadores e com o treinador. Vim para ser mais um, para somar. Não vim tomar o lugar de ninguém e quero ajudar a Ponte a buscar voos maiores”, ressalta.

Desde que deixou a carreira de atleta, Felipe vem se preparando para atuar do lado de fora do campo. “Fiz cursos como o de Gestão ministrado pela CBF, treinador licença B e A, e alio isso à minha vivência como jogador. Tundo tem que começar na vida e é um privilégio para mim começar nesta área aqui na Ponte. Tenham certeza que a minha dedicação vai ser a mesma que mostrava em campo. Infelizmente só não dá mais para jogar, a idade chega para todos”, diz.

Como chegou a Campinas hoje, o ex-meia conta que ainda não pode avaliar detalhadamente o time, mas sabe que a equipe tem de melhorar e, acrescenta, entende o momento de pressão em torno do elenco. “Fazer uma leitura acurada requer mais tempo, mas é claro que uma equipe grande como a Ponte Preta ter apenas uma vitória em cinco jogos é porque alguma coisa está errada. Vamos conversar com os jogadores, saber porque isso está acontecendo e em alguns dias teremos essa análise. Quanto à pressão, futebol é muito emotivo e pressão só existe em equipes grandes, então é natural que exista aqui e temos que lidar com ela. De minha parte não me importo em chegar num momento como este, até porque se estivesse tudo maravilhoso talvez nem estaria aqui.”

Marcelinho na Base

Já mais experiente fora dos campos, Marcelinho Paulista fala sobre a alegria em trabalhar Ponte Preta. “É um clube de grande história e a Base a Ponte sempre, desde minha época de Base, sempre foi referência no Brasil. Do futebol profissional posso falar como ex-atleta e nesta condição ninguém gostava de vir aqui, sabia o quanto era difícil enfrentar a Ponte dentro do Majestoso”, pontua.

Marcelinho, que já foi treinador e trabalhou também na área de gestão em clubes como Corinthians e Avaí (além de mais recentemente ter atuado em uma empresa de intercâmbio de jovens atletas para universidades estadunidenses), fala sobre o trabalho que espera desenvolvver nas categorias jovens alvinegras.

“Vim para trabalhar em torno do DNA em tono da Base. O hino da Ponte fala em gigante, raça, paz e guerra se necessário, e os times da Base daqui refletiam isso: equipes competitivas, aguerridas e é nisso que estamos chegando para ajuda, para desenvolver trabalho. Vim a convite do presidente e pra mim é um grande desafio e oportunidade para fazer um grande trabalho”, afirma.

Ele também faz questão de falar sobre momentos de pressão em um time de futebol. “Cresci sendo pressionado na Base, depois no profissional e posso afirmar que isso só acontece nos times grandes, que despertam grandes paixões , como é o caso aqui. Onde as pessoas não tem paixão, tanto faz ganhar ou perder, e não é isso que queremos”, conclui.


Outras Notcias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais