Nota de repúdio: Futebol Interior

 

Seriedade e compromisso com a verdade é o mínimo que se espera de qualquer meio de comunicação que se proponha a fazer jornalismo. No entanto, a cada dia que passa, o site Futebol Interior prova que sua irresponsabilidade e total falta de comprometimento com os fatos não tem limites. No último dia 23, o site publicou um texto de ficção disfarçado como notícia, no qual, com o subtítulo “vergonha em Campinas”, acusa a Ponte Preta de “acordar” o resultado da partida contra o Mogi (realizada neste domingo) em troca de supostos empréstimos que – afirma – virão a ser feitos do time de Mogi Mirim para a alvinegra. Uma afirmação mentirosa, leviana, sem nenhum tipo de prova e que a diretoria da Associação Atlética Ponte Preta refuta veementemente. Mais ainda, novamente – assim como já fez no ano passado – a Ponte irá promover as devidas medidas judiciais pertinentes ao caso.

 

É inconcebível que um meio de comunicação aja como faz o Futebol Interior, um site que acusa instituições e pessoas idôneas de cometerem crimes sem apresentar prova nem mesmo ouvir o outro lado, e que desde o ano passado vem sistematicamente realizando ataques virulentos à instituição Ponte Preta, a integrantes desta diretoria e a funcionários do clube, disfarçando uma ação panfletária e desprezível sob a pecha de supostas matérias jornalísticas.

 

A Ponte Preta considera toda e qualquer crítica perfeitamente aceitável em uma sociedade democrática. Em momento algum esta diretoria compactua com qualquer tipo de censura: defendemos e defenderemos sempre o direito de todo e qualquer um de dizer o que quiser. Isso não significa, porém, falar sem responsabilidade como faz o Futebol Interior, que produz afirmações falsas e criminosas e que devem ser submetidas ao jugo da lei, identificadas como tal e punidas, até como forma de proteção aos que possam ser enganados pela ficção venenosa das palavras de uma falsa prestação de serviços.  

O Futebol Interior tenta colocar em dúvida a idoneidade de uma associação centenária e íntegra como a Ponte Preta e ao fazê-lo desrespeita de maneira covarde toda uma história de uma equipe amada e idolatrada por incontáveis torcedores.  Como já dissemos em setembro de 2013, quando nos manifestamos pela primeira vez em relação aos absurdos cometidos por este site, o Futebol Interior viola os preceitos básicos da ética e do jornalismo, não embasa as matérias anônimas que publica, não ouve o outro lado, não apresenta evidências, coloca afirmações mentirosas atribuindo-as a fontes convenientemente exclusivas e não-identificadas e atua sem comprometimento algum com a verdade. Uma reunião irresponsável de denuncismos que insufla agressividade e violência, denigre reputações e causa danos morais e materiais a instituições e pessoas. Informações que extrapolam o interesse público e atingem de maneira injusta, arrazoada e injustificada a esfera privada, ou seja, íntima e moral de indivíduos, pessoas físicas que atuam em prol desta instituição.

 Reforçamos mais uma vez que a Associação Atlética Ponte Preta não atura tal nível de conteúdo difamatório e desautorizamos toda e qualquer informação publicada em tal site.

Diretoria Executiva da Associação Atlética Ponte Preta

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS