Noite de LUCCArelli: com dois gols do 9, Ponte vence o Novorizontino e divide liderança do grupo  

Foto: PontePress/ÁlvaroJr

 

Em um jogo em que dominou o adversário e com grande atuação coletiva, com destaques para Pedro Jr e Lucca, a Ponte Preta venceu o Novorizontino por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (2), conquistando a primeira vitória no Paulistão. O camisa 9 alvinegro foi o autor dos dois gols, o primeiro com assistência de Pedro Jr e o segundo cobrando pênalti recebido pelo camisa 11.

“Importantíssimo ressaltar o trabalho de todo mundo e dar parabéns ao Pedro, que armou a jogada do primeiro e sofreu a penalidade do segundo. Hoje conseguimos controlar, não tivemos tantos sustos e toda a equipe está realmente de parabéns”, diz Lucca, que agora tem três gols anotados pela Macaca – uma média de um gol por jogo.

Com o resultado, a Ponte divide temporariamente a liderança do grupo D com Santos e Santo André, ambos com quatro pontos, e espera a finalização da terceira rodada para saber em que posição ficará – o Red Bull Bragantino, que tem três pontos, joga nesta sexta-feira (3).

A Ponte Preta volta a campo neste sábado (5), fora de casa, enfrentando o São Bernardo em um horário pouco usual: 11 da manhã.

O jogo

A Ponte começou indo para cima e já no primeiro minuto Fessin teve boa oportunidade, mas Wálber afastou.  Aos oito, Fessin mandou a bola na área e Niltinho cabeceou, mas o goleiro adversário ficou com ela. Aos 12, Niltinho teve nova chance, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 17, Niltinho cruzou da direita para Norberto, que bateu de primeira. Mas a bola saiu por cima do gol de Giovanni. Aos 21 saiu o gol da Macaca, e que golaço “coletivo”. Pedro Júnior tabelou com Matheus Jesus, driblou Giovanni e mandou para o gol. Lucca, bem posicionado, só teve o trabalho de escorar para as redes. 1 a 0 para a Macaca.

Aos 25, quase Pedro Jr deixou o dele. O atacante recebeu passe de Fessin e chutou, mas a bola bateu na costela do zagueiro Wálber, que estava no chão, e saiu em escanteio. Ao 35, o Novorizontino teve boa chance com Léo Tocantins, mas Ygor Vinhas fez bela defesa.  Cinco minutos depois, Barba parou ataque de Lucca com falta.

Aos 45, quase Fessin marcou: o camisa mandou para a área e o zagueiro Wálber quase marcou contra, mas a bola saiu em escanteio. Niltinho cobrou fechado e a defesa tirou. Aos 48, Niltinho rolou a bola para Léo Naldi, que bateu para o gol, mas Wálber tirou e na sequência o juiz apitou o final do primeiro tempo, com a Macaca na frente no placar.

No segundo tempo, logo aos três minutos, Pedro Jr saiu em velocidade e foi empurrado dentro da área, em lance que Wálber empurrou o pontepretano e que princípio o juiz deu linha de fundo. O VAR, porém, confirmou a penalidade. Lucca cobrou e deixou o segundo dele no fundo das redes. Ponte 2 x 0 Novorizontino.

A Ponte continuou indo para cima e aos seis Niltinho fez bom lance e passou para Pedro Jr, mas o camisa 11 foi bloqueado. Aos nove, boa triangulação entre Fessin, Pedro Júnior e Niltinho. Já na área, o atacante passou para Guilherme Santos e recebeu de volta, mas não conseguiu finalizar.

Na sequência, Pedro Jr fez jogada em velocidade, passou por três e foi derrubado por Barba. Aos 13, Lucca saiu em velocidade e foi parado com falta de Bruno Aguiar. O camisa 9 cobrou e quase fez o terceiro, com a bola raspando o travessão e assustando o goleiro Giovanni.

O Novorizontino fez mudanças no time e no esquema, para tentar chegar ao gol, mas a Ponte mantinha o controle da partida. Aos 21, Marcinho bateu de fora da área, mas Ygor Vinhas defendeu com segurança. Aos 26, Matheus Jesus bateu forte de fora da área e a bola explodiu em Léo Baiano.

Aos 31, Lucca recebeu falta de Léo Baiano, cortando o ataque alvinegro. No minuto seguinte, boa jogada e Fessin para Luiz Fernando, mas o atacante não conseguiu concluir. Aos 33, Marcinho bateu falta perto da área para o Novorizontino, mas Ygor defendeu com segurança. Aos 41, quase saiu o terceiro: Pedro Jr recebeu bola rasteira de Pedrinho e mandou uma bomba contra o gol adversário, para bela defesa de Giovanni.

Na sequência, Léo Naldi mandou de canhota e o goleiro adversário mais uma vez evitou o terceiro, mandando para escanteio. Aos 50, Ygor Jr fez boa defesa e Pedrinho armou contra-ataque com Pedro Jr, que passou para Wesley, mas ele não conseguiu concluir e o juiz apitou o final do jogo sacramentando a primeira vitória da Ponte no Paulistão, por 2 a 0.

Ficha do jogo

Ponte Preta: Ygor Vinhas; Norberto (Kevin), Fábio Sanches, Fabrício e Guilherme Santos; Matheus Jesus (Wesley), Léo Naldi e Fessin (Pedrinho); Niltinho (Luiz Fernando), Pedro Júnior e Lucca. Técnico: Gilson Kleina.

Novorizontino: Giovanni; Lucas Mendes (Lucas Ramon), Bruno Aguiar, Wálber e Reverson; Léo Baiano, Barba (Bruno Silva) e Danielzinho (Willean Lepo); Léo Tocantins, Cléo Silva (Michel Douglas) e Douglas Baggio (Marcinho). Técnico: Léo Condé.

Gols: Lucca, aos  21 do primeiro tempo e ao cinco do segundo

Arbitragem: Thiago Duarte Peixoto apitou, com Alex Alexandrino e Vladimir Nunes da Silva como assistentes. O quarto árbitro foi Guilherme Francisco Maciel e o VAR ficou a cargo de Danilo da Silva

Cartões amarelos: Guilherme Santos, Fábio Sanches, Pedro Jr (Ponte). Léo Tocantins, Bruno Aguiar (Novorizontino)

Público Pagante: 1545
Não-pagante: 68
Total 1613
Renda:  R$ 27.580,00

Jogo válido pela terceira rodada do Paulistão, realizado no Majestoso

 

  • Atualizado em 3/2/2020

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS