No dia que completa 113 anos, Macaca vence Criciúma por 3 a 1 no Majestoso

No dia em que comemorou 113 anos de vida, aPonte Preta recebeu o Criciúma no estádio Moisés Lucarelli e quem recebeu presente foram os torcedores. A Ponte venceu a partida e pelo placar de 3 a 1, com gols de William, Artur e Everton Santos. Com o resultado, a Macaca chegou aos 15 pontos e ocupa a 13º colocação.

O próximo compromisso da equipe alvinegra será na quarta-feira (14) diante do Vitória às 2 1 horas no estádio Barradão em Salvador-BA. A partida será válida pela décima quarta rodada da competição nacional. 

O Jogo:

Jogando diante de 6.008 torcedores a Macaca foi para cima com tudo. Logo aos sete minutos Chiquinho cobrou escanteio da direita e encontrou a cabeça de William, que subiu mais alto do que a defesa adversária e desviou para o fundo do gol. 1 a 0 para a Ponte, o nono gol do artilheiro do Campeonato Brasileiro. 

Aos 10 minutos Rildo recebeu pela esquerda, fez a finta no marcador e chutou de fora da área, mas parou nas mãos de Helton Leite. Quatro minutos depois, Rildo ergueu a bola na área e Artur se esticou para alcançar, mas mandou para fora. Aos 16, Uendel fez lançamento certeiro para Artur, dominar na área, cortar o zagueiro e chutar para a defesa do goleiro. 

Aos 26 minutos Uendel roubou a bola no meio campo e lançou Rildo pelo direita, o camisa 7 carregou e cruzou para William que emendou de primeira para o gol, mas o goleiro adversário fez uma grande defesa para evitar o segundo da Macaca. Três minutos depois, Chiquinho cobrou escanteio da esquerda e Artur foi rápido para cabecear para o gol e ampliar. 2 a 0 no placar do Majestoso.

Aos 30 minutos Ivo arriscou de fora da área e Roberto fez uma boa defesa. Aos 35, Uendel arriscou de fora da área e encontrou Helton Leite bem posicionado para agarrar. Aos 42 minutos Chiquinho cobrou falta da intermediária direto para o gol e quase surpreendeu o goleiro do Criciúma que conseguiu fazer a defesa. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo foi encerrado sem acréscimos.

Na volta do intervalo, o Criciúma atacou logo no primeiro minuto quando Marlon cruzou da esquerda e Lins chutou por cima do travessão. Aos 10 minutos Marlon fez novo cruzamento da esquerda buscando Lins, mas desta vez, o atacante conseguiu empurrar para dentro. 2 a 1 no placar.

Logo na sequência, Chiquinho invadiu a área pela esquerda e cruzou, mas o goleiro adversário saiu bem par evitar o domínio do ataque pontepretano. Aos 16 minutos Artur cruzou da direita e Everton Santos se antecipou à marcação para desviar de cabeça e ampliar o placar no Majestoso. 3 a 1 para a Ponte.

Aos 17 minutos Lins arriscou da entrada da área e mandou pela linha de fundo. Aos 31, a primeira mudança na Ponte, Everton Santos saiu para a entrada de Giovanni. Quatro minutos depois, Chiquinho cruzou da esquerda e William, de carrinho, mandou para fora. Aos 38, Marlon cruzou da esquerda, a bola passou na frente de dois jogadores do Criciúma e saiu pela linha de fundo. 

A segunda alteração na Macaca aconteceu aos 40 minutos, Chiquinho saiu para a entrada de Ferrugem. Um minuto depois, Ferrugem pegou na bola pela primeira vez e mandou para o gol de fora da área, mas a bola saiu por cima do gol. Sem mais lances de perigo, a partida foi encerra após quatro minutos de acréscimos. 

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta:
Roberto; Artur, César, Diego Sacoman e Régis; Magal, Uendel, Chiquinho (Ferrugem) e Everton Santos (Giovanni); Rildo e William. Treinador: Paulo Cesar Carpegiani.

Criciúma: Helton Leite; Sueliton, Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa (Leonardo) e Marlon; Amaral (Crispim), Gilson, Ivo e Leandro Brasília (Bruno Lopes); Lins e Cassiano. Treinador: Vadão.
 
Data: 11/08/2013, domingo – 18h30.
Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas-SP.
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).
Auxiliar: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Rafael da Silva Alves (RS).
Cartões Amarelos: Amaral (Criciúma).
Gols: William, Artur e Everton Santos (Ponte Preta); Lins (Criciúma).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS