Com iminente saída de Ferrugem, Neílson quer agarrar a vaga de titular da lateral-direita da Ponte Preta no Brasileiro

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

A lateral-direita da Ponte Preta está perdendo o até então  titular Ferrugem, que acerta sua saída por empréstimo ao Corinthians e, por conta disso, Neílson é o nome mais provável para assumir a camisa 2 da Macaca. O atleta foi titular no jogo-treno diante do prórpio Corinthians, no último sábado (05), e quer mostrar serviço.

“É a oportunidade que eu estava esperando. Com o Ferrugem saindo abre uma chance para começar a mostrar para o Vadão e para a torcida que eu tenho capacidade e permanecer na equipe durante a Série B”, afirma o jogador, que achou interessante a nova ideia de time formatada pelo técnico Vadão durante a atividade em São Paulo.

“Em meu ponto de vista o meu posicionamento fica mais fácil caso o Vadão opte por uma mudança como a que usouno jogo-treino. Na hora que eu descer, um volante fica na cobertura ou vice e versa. Acho que é um posicionamento diferente, mas bom para o lateral, que ataca mais. Trabalhamos a primeira vez contra o Corinthians e treinamos muito bem, apesar de termos perdido no treinamento”, explica o lateral.

Neilson acredita que a Série B será muito disputada e quer a Ponte com um espírito de luta para fazer uma boa competição. “É um campeonato bastante longo. Temos que começar bem e ficar entre os mais bem colocados antes da parada para a Copa do Mundo. Disputei o ano passado pelo Icasa e fizemos uma grande campanha. Não pode dar mole na Série B, porque é um campeonato de bastante pegada e marcação, diferente da Série A, que a Ponte estava acostumada a disputar. Creio que vamos ter que nos superar e pegar o espírito da Ponte Preta, que é marcação, força e muito trabalho para subirmos”, diz.

O atleta ressalta a importância do treinamento nesses dias que antecedem o início do Brasileiro. “Vamos treinar ainda mais porque semana que vem já tem estreia. E eu preciso muito pegar ritmo de jogo. É com muito foco que vamos alcançar nosso objetivo que é subir para a Série A do Brasileiro”, diz Neílson, que conhece bem o Icasa (primeiro adversário da Ponte Preta na Série B) justamente por ter defendido a equipe de Juazeiro do Norte em 2013.

“Acho que o Icasa é um time que vai marcar muito. Com certeza mudaram muitos atletas da equipe do ano passado, mas eles devem vir fechados, saindo no contra-ataque, tentando surpreender nosso time aqui”, completa o lateral.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS