Na busca da forma ideal, meia Rhayner acredita que inicia Brasileiro em condições de ser titular da Macaca

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

 

O meia Rhayner mostrou nove jogos em que atuou até o momento pela Ponte Preta, que tem grande potencial. Infelizmente algumas dores não deixaram com que o atleta tivesse uma sequencia maior, nesse início de temporada. Praticamente recuperado de contusão muscular, o atleta acredita que irá render muito mais com a camisa alvinegra.

 

“No começo eu tive problemas de desgaste físico até na pré-temporada. Não tive muito tempo para me preparar fisicamente. Quando eu voltava a jogar eu sentia dores novamente e ficava um certo tempo sem treinar. Isso me atrapalhou bastante e acho que essa sequencia de treinamentos que tivemos foi importante, porque tive o tempo para me preparar, me recuperar das dores na fisioterapia, melhorando na parte física e agora na questão técnica. Acho que esse tempo para me recuperar é crucial para voltar ao meu melhor”, explica o jogador, que reforça o desejo de jogar.

 

“Sabemos que o atleta precisa ter jogo para ter ritmo. Não adianta só ter treinamento. Espero que nas primeiras partidas minha parte física esteja bem e logo nos primeiros jogos apresente minha forma ideal”, afirma.

 

O meia também mostra afinidade com o técnico Eduardo Baptista, o que acredita ser importante nessa retomada. “O Eduardo é um excelente treinador. Ele tem passado a filosofia de trabalho dele e a maneira como quer que a equipe jogue. Um time mais agressivo, com um pouco mais de intuito em chegar ao gol rápido. E quando ele veio ao clube me procurou para conversarmos. Perguntou como eu estava, por estar voltando de lesão, com meu condicionamento físico ainda sem estar no ideal. Falei que ainda precisava fazer um trabalho à parte, em conjunto com a equipe de fisiologia e ele falou que ia trabalhar isso aos poucos. Agora eu ganhando um pouco mais de confiança e me preparando mais fisicamente, tem tudo para eu retomar a titularidade”, revela Rhayner, que confia no trabalho do novo treinador para o sucesso da equipe no Brasileirão.

 

“Esperamos assimilar o mais rápido possível a forma de trabalhar do Eduardo. Temos ouvindo bastante ele nos treinamentos. É um treinador que participa, que pausa bastante o treino para nos posicionar. Acho que essa atitude dele é importante para o grupo. Temos que tentar o mais rápido possível tomar a forma que ele quer, para que na estreia mostremos uma cara nova”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS