Luto: aos 98 anos, morre Seraphim Morelli, irmão de Bruninho e primeiro goleiro da Ponte a atuar no Majestoso

 

Foto: Reprodução (Bruno  Rodrigues/
PontePreta: A Torcida que tem um Time)

Faleceu na noite de ontem (10), aos 98 anos, o ex-goleiro pontepretano Seraphim Morelli, que defendeu as cores da Macaca na década de 1940 e foi o primeiro arqueiro alvinegro a atuar no Majestoso, em 11 de setembro de 1948. O sepultamento ocorrerá no Cemitério Municipal São João Batista de Valinhos, às 14 horas desta terça (11), onde está ocorrendo o velório. Um dos oito filhos (seis homens e duas mulheres) de João e Maria Assunta, Seraphim era irmão de Bruninho (falecido em 2005), atleta que atuou durante 18 anos com a camisa da Ponte Preta. Foi Seraphim, inclusive, que levou Bruninho para jogar na Macaca aos 17 anos, quando já era arqueiro do time titular.

“Ele foi o quarto goleiro a mais atuar pela Ponte, com 169 jogos. Só foi superado por Carlos, João Brigatti e Sérgio Guedes”, diz Stephan Campineiro, co-autor do livro Ponte Preta, a Torcida que tem um Time (com And´re Pécora, pela editora Pontes). Uma das filhas doex-camisa 1, Jane Morelli, conta que a passagem do pai ocorreu de maneira natural, em casa e em um ambiente de tranquilidade.

“Ele estava prestes a fazer uma refeição quando chegamos na casa dele. Estava muito tranquilo e simplesmente deu um suspiro e faleceu. Meu pai sempre dizia que a Ponte Preta era um grande amor na vida dele”, conta. Além de Jane, Seraphim deixa outros cinco filhos –  Marluci, Ademir, Jair, Seraphim Junior e Teresa e nove netos.

A Associação Atlética Ponte Preta homenageia seu ex-goleiro, que marcou época, e grande torcedor, bem como se solidariza com a família neste momento difícil.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS