Junio é confirmado entre os titulares para este que enfrentarão o galo sorocabano e, mesmo sendo o mais jovem do elenco, atleta quer agarrar a chance e não sair mais do time titular

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

Ele nem completou 17 anos ainda (fará aniversário no dia 27 deste mês), mas mesmo com a pouca idade, o lateral Junio vai ser titular da Ponte Preta nessa rodada. Ferrugem, jogador que tem sido usado na posição desde o início de 2014, está suspenso e Junio não quer apenas substituir o atual camisa 2 da Macaca: ele quer se manter no time principal.

“Estou preparado para esta primeira oportunidade. Já vinha tendo outras, cheguei a entrar nos jogos e considero uma oportunidade muito boa para quem está começando agora. Estou pronto e vou aproveitar junto com meus companheiros”, diz o jovem, que reforça a intenção em ficar entre os 11 titulares.

“Tenho que respeitar quem está jogando hoje, que é o Ferrugem. Mas vou procurar agarrar essa chance. É importante deixar essa dúvida na cabeça do treinador e vou jogar o meu melhor. Assim que ele precisar, estarei à disposição”, afirma.

Uma das características que chamaram a atenção da comissão técnica pontepretana é o porte físico de Junio. Com 16 anos, o lateral tem 1m81m e 74kg.  “Minha família toda tem esse tipo de corpo igual ao meu. Graças a Deus eu puxei esse porte aí da minha família”, diz o jogador.

Ele revela que iniciou na Base como atacante, mas deu muito melhor na posição de lateral. “Quando cheguei, o treinador viu a força física que eu tenho e não achava que estava rendendo tanto no ataque. Aí resolveu me passar para lateral. Joguei, gostei e estou feliz nessa posição”, comemora Junio.

O lateral-direito tem conversado bastante com o técnico Vadão sobre a melhor forma de atuar em campo. E, mesmo sabendo o quanto o treinador gosta de apostar em jovens talentos, Junio sabe que ele também cobra bastante dos seus comandados.

“O professor Vadão foi bem claro para mim. Ele gosta de lançar atletas jovens. E eu sou um atleta que gosta muito de escutar. Estou aproveitando as oportunidades que ele está me dando e estou bem tranquilo e confiante”, afirma o atleta, que já recebeu várias orientações.

“Quando eu jogava na base eu gostava muito de atacar. Agora tive que mudar isso um pouco. Tenho que me controlar. Tenho que saber a hora certa de avançar”, diz Junio, que revela ainda que não esperava estar no time profissional tão cedo.

“Foi muito rápido. Realmente eu não esperava, mas estava sempre treinando e buscando uma chance como essa. Meu foco sempre foi chegar aqui. Foi um momento para mim, que apesar de rápido, me deixou muito feliz. Espero não deixá-la passar, agarrar essa chance e devagar as coisas vão acontecendo”, afirma.

Junio finaliza dizendo que quer mais chances na equipe como presente de aniversário. “Espero dar sequência. Meu aniversário está chegando e, com certeza, vai ser um grande presente se eu permanecer na equipe principal. Mas tenho que trabalhar muito pra isso.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS