Elenco retorna a Campinas nesta quarta-feira (23) e Magal conta com o apoio da torcida no jogo de volta para garantir a classificação

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

A Ponte Preta foi até Curitiba enfrentar o Paraná pela Copa do Brasil e, apesar de querer a vitória, voltou com um por 1 a 1. O resultado, no entanto, traz vantagem para a Macaca: agora a equipe – que chega a Campinas por volta das 14h30 desta quarta – joga por uma simples vitória ou um empate sem gols no Majestoso, no dia 6 de maio, para ir à próxima fase da competição. 

O volante Magal fala sobre as dificuldades encontradas na Vila Capanema. “Tivemos muitas dificuldades no primeiro tempo. Depois melhoramos no segundo e conseguimos sair na frente, mas tomamos o empate, mas no fim, até por se tratar de jogo fora, foi um bom resultado. Agora, com a força da nossa torcida em Campinas, temos tudo para fazer um grande jogo".

O meia Adrianinho, autor do gol alvinegro, endossa o discurso do companheiro de elenco. “A gente podia ter segurado mais a bola, principalmente depois que abrimos o placar, mas no fim o resultado foi positivo, se considerarmos que levamos vantagem para o segundo confronto”, pontua.

O zagueiro Diego Sacoman completa o raciocínio: “Queríamos vencer, é óbvio, mas é preciso saber jogar os campeonatos em que estamos competindo: na Copa do Brasil um empate com gol fora de casa vale muito. Então, de certa forma, ainda que não como queríamos, cumprimos nossa missão.”

A Ponte Preta agora troca o "chip" da Copa do Brasil pelo Brasileiro da Série B, na qual sábado enfrenta o Atlético –GO, às 16h20 em Goiânia, pela segunda rodada do campeonato.  Os atletas que não atuaram ontem fazem treinamento no Majestoso nesta tarde e amanhã o grupo volta a treinar completo, para na sexta-feira seguir viagem a Goiás.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS